fbpx
PolicialPrincipais Destaques

Polícia prende bando que planejava sequestrar famílias de bancários no Maranhão

Os alvo dos criminosos são servidores da agência do Banco do Brasil de Poção de Pedras

Sete pessoas foram presas e um adolescente apreendido em uma operação das polícias Civil e Militar, na última sexta-feira (1º), em Bacabal, distante 196 km de São Luís. De acordo com a investigação, os presos planejavam o sequestro de funcionários do Banco do Brasil e de suas famílias para extorquir os servidores públicos. Os bandidos foram presos antes de cometerem o crime. Quatro armas de fogo foram apreendidas com o bando.

Os alvo dos criminosos são servidores da agência do Banco do Brasil de Poção de Pedras, distante 256 km de São Luís. A operação foi coordenada pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC) e contou com o apoio do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) da Polícia Militar e também do Centro Tático Aéreo (CTA).

Segundo o delegado Armando Pacheco, o adolescente foi apreendido por ser o responsável pelo transporte do armamento do bando do Pará para o Maranhão. Os presos são dos estados do Maranhão, Piauí e Pará.

“Eles iam fazer extorsão mediante sequestro contra funcionários do Bando do Brasil da cidade de Poção de Pedras. Eles já tinham fotos dos familiares, das residências e das rotinas das vítimas. Eles contavam com a ajuda de um morador da cidade”.

Segundo a polícia, o plano dos criminosos era manter os familiares em cativeiro e forçar os funcionários a sacar a quantia determinada. Um crime com características semelhantes foi registrado em agosto deste ano em Buriticupu, distante 312 km de São Luís. A investigação partiu deste crime e desta vez, os policiais conseguiram chegar ao bando antes da nova ação.

A Polícia Civil do Maranhão compartilhou informações com o Pará e o Piauí para esclarecer possíveis crimes do grupo nestes estados. Os presos foram encaminhados para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís.

Deixe Aqui Seu Comentário
Minuto SEBRAE - MA
Etiquetas
Ler Mais

RELACIONADAS

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios