GRANDE RIO HONDA
MaranhãoPolítica

Candidatura de prefeito de Bacuri à reeleição é indeferida

Condenado por improbidade administrativa, Washington Oliveira teve direitos políticos suspensos por cinco anos.

A candidatura do prefeito Washington Luis de Oliveira (PSC) à reeleição na cidade de Bacuri, a 520km de São Luís, foi indeferida motivada por condenação por ato de improbidade administrativa. O gestor teve direitos políticos suspensos por cinco anos.

No dia 14 de julho, Oliveira – que também administrou o município de 2004 a 2008 – teve confirmada sua condenação por improbidade administrativa, devido à nomeação, em 2005, de três odontólogos para o Programa de Saúde da Família (PSF) no município, sem que estes tenham prestado serviços. A ilegalidade causou prejuízo de R$ 50.253,00 ao erário.

Entre outras punições, a condenação resultou na suspensão dos direitos políticos por cinco anos e a consequente declaração de inelegibilidade do gestor.

“Tendo a contagem do prazo de inelegibilidade a partir da data de confirmação da decisão condenatória pelo Tribunal Regional Federal, da 1ª Região, é certo que o impugnado não poderá concorrer nas eleições de 2020 porque inelegível, ao que seu pedido de registro de candidatura deve ser indeferido”, argumentou o Ministério Público Eleitoral em Bacuri.

Com o acolhimento do pedido da Promotoria Eleitoral, foram extintos outros dois pedidos de impugnação da candidatura do atual prefeito, feitos pelo candidato a vereador Marivaldo Ferreira e Diretório Municipal do Partido Comunista do Brasil (PCdoB).

Deixe Aqui Seu Comentário
Minuto SEBRAE - MA
Etiquetas
Ler Mais

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

RELACIONADAS

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios