MaranhãoPrincipais Destaques

Mais de 400 motoristas foram autuados por dirigir embriagados em 2020 no MA

Os números não foram mais altos porque entre os meses de abril a junho as ações da Lei Seca foram suspensas devido a pandemia da Covid-19, seguindo orientação nacional.

Ao longo de 2020, 418 motoristas foram autuados por dirigir após ingestão de bebida alcoólica, de acordo com o Detran-Ma. Os números não foram mais altos porque entre os meses de abril a junho as ações da Lei Seca foram suspensas devido a pandemia da Covid-19, seguindo orientação nacional.

Na primeira semana de 2021, já foram registrados três autuações da Operação Lei Seca em São Luís. A operação é realizada pela equipe do Detran-MA, com o apoio do Batalhão de Polícia Militar Rodoviária (BPRV), com o objetivo de evitar acidentes de trânsito nas vias.

Na manhã de sábado (2) ocorreu um acidente de trânsito, no bairro da Cohab-Anil III, que resultou na morte do agente penitenciário temporário, Wenes Nogueira Rodrigues, de 35 anos. De acordo com informações policiais, o acidente foi ocasionado por outro agente penitenciário temporário, Vitor França Alves, de 26 anos, que estaria conduzindo um veículo sob efeito de bebida alcoólica.

De acordo com testemunhas, o acidente aconteceu próximo ao Terminal da Cohab, quando o condutor do carro avançou o sinal vermelho e atingiu o motociclista que vinha no outro sentido.

No domingo (3), a polícia abordou 128 veículos e realizou 120 testes com o etilômetro. Foram registradas oito infrações por recusa do teste e três condutores foram autuados por dirigirem sob o efeito de álcool.

Segundo o Detran-MA, em 2020 aconteceram 115 ações da operação Lei Seca na Região Metropolitana de São Luís e foram realizadas 14.143 abordagens a veículos e 12.922 testes com o etilômetro.

Deixe Aqui Seu Comentário
Minuto SEBRAE - MA
Etiquetas
Ler Mais

RELACIONADAS

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios