DestaquesSaúde

Butantan deve divulgar hoje mais dados de eficácia da Coronavac

O Instituto Butantan divulgou uma eficácia de 78% da Coronavac para casos leves e ausência de casos graves entre os vacinados, mas falta a eficácia geral

O Instituto Butantan deve divulgar nesta terça-feira, 12, mais dados de eficácia da Coronavac, vacina testada no Brasil com a chinesa Sinovac. Na semana passada, o Instituto divulgou que uma eficácia por grupos: de 78% para casos leves e 100% para graves e moderados.

O valor quer dizer que, de um grupo hipotético de 100 vacinados, 22 tiveram casos leves. E nenhum vacinado foi hospitalizado, foi parar na UTI ou precisou de respirador. Mas faltou divulgar a eficácia geral dos testes, o que deve ser anunciado hoje, segundo informou o governo paulista à imprensa.

Com base em números revelados até então, pesquisadores já estimavam que a eficácia da Coronavac teria ficado na casa dos 60%. Com base em fontes com acesso ao estudo, o site UOL também afirmou nesta segunda-feira que a eficácia nos testes no Brasil ficou abaixo de 60% e acima de 50%.

O patamar de 50% é o mínimo exigido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pela Anvisa para aprovação de uma vacina.

A Coronavac teve pedido de registro emergencial feito na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) na última sexta-feira, 9. No fim de semana, a Anvisa solicitou mais detalhes sobre a Coronavac, após o envio da documentação inicial. O secretário de Saúde paulista, Jean Carlo Gorinchteyn, disse que o material completo já havia sido enviado, mas o Butantan afirmou que está enviando a documentação solicitada.

Na opinião de ex-presidentes da Anvisa, o pedido de mais dados sobre a Coronavac não coloca em risco a aprovação da vacina. Os dados pedidos, segundo divulgados pela Anvisa à imprensa, dizem respeito a faixa etária e outras características demográficas dos voluntários testados, mais números sobre os testes e registro dos eventuais desvios de protocolo.

Também nesta segunda-feira, a Indonésia divulgou seus resultados de eficácia dos testes da Coronavac no país, de 65,3%. Antes, a Turquia já havia divulgado eficácia de 91%. A agência reguladora da Indonésia também aprovou a Coronavac para uso emergencial.

Deixe Aqui Seu Comentário
Minuto SEBRAE - MA
Etiquetas
Ler Mais

RELACIONADAS

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios