BrasilPrincipais Destaques

Deputado Pedro Lucas propõe redução do preço do gás de cozinha

O parlamentar defende imposto zero sobre botijão de gás destinado ao uso doméstico.

Depois da inflação dos alimentos, no segundo semestre, o brasileiro enfrentou uma nova pressão sobre os preços no fim de 2020. O gás de cozinha encerrou o ano passado com alta de 9,24%, segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgado nesta terça-feira (12) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Isso representa mais que o dobro da inflação de 4,52% registrada no ano passado.

Usado principalmente pelas famílias mais pobres, que vivem em domicílios com menos estrutura, o gás de cozinha terminou em alta na comparação com outros tipos de derivados de petróleo. O gás encanado, usado pelas famílias de maior renda, terminou 2020 com recuo de 1,29%. O gás veicular fechou o ano passado com alta de 1,66%.

O deputado Pedro Lucas é autor da PEC 19/2019 que prevê imposto zero sobre botijão de GLP destinado ao uso doméstico. “Segundo o IBGE, o preço do gás de cozinha subiu o dobro da inflação registrada em 2020. Neste ano, vamos continuar trabalhando pela aprovação da PEC do Gás, de minha autoria, que já teve parecer favorável na CCJC. O objetivo da PEC 21/19 é zerar impostos sobre o gás de cozinha”, disse

Ouça o que disse o deputado:

Faça o Download!

Deixe Aqui Seu Comentário
Minuto SEBRAE - MA
Etiquetas
Ler Mais

RELACIONADAS

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios