fbpx
EsportesPrincipais Destaques

Sampaio Corrêa empata com o Sport na estreia da Copa do Nordeste

Tricolor ainda teve um gol anulado após interferência do quarto árbitro.

Em jogo movimentado na Ilha do Retiro, o Sampaio Corrêa se impôs em campo, criou muitas chances, mas ficou no empate em 1×1 com o Sport Recife, na estreia da Copa do Nordeste.

Após um primeiro tempo com mais volume de jogo, a equipe Tricolor acabou sendo castigada com um gol contra. Na sequência, chegou a empatar com Jefinho, mas viu seu gol ser anulado após interferência do quarto árbitro.

A igualdade veio com desvio de cabeça do zagueiro do Sport contra o próprio patrimônio, após cruzamento de Dione. Lances que definiram a partida disputada na noite deste domingo, 28.

O JOGO

Apesar de ser visitante na Ilha do Retiro, o Sampaio Corrêa não demonstrou intimidação e tomou a iniciativa de jogo, levando perigo aos nove minutos. Dudu cruzou na área e Dione quase alcança de cabeça, mas a bola saiu pela linha de fundo.

O Sport avançava suas linhas, sem conseguir envolver o Tricolor, que respondia com chegadas agudas. Sávio mandou o cruzamento e Dudu cabeceou rente à trave.

Os donos da casa rondavam a área do Sampaio, mas não conseguiam criar oportunidades reais de gol. Por outro lado, a Bolívia seguia levando perigo, e o goleiro do Sport salvou o lance nos pés de Dudu.

O confronto ficou mais aberto e o Sport cresceu no setor ofensivo. Em cruzamento na área Tricolor, o atacante rubro-negro cabeceou no canto, mas Mota defendeu. O Sampaio deu o troco e Dudu obrigou o camisa 1 adversário a defender com dificuldade.

Apesar do jogo movimentado, o primeiro tempo chegou ao fim com o placar em branco.

A etapa final mostrou o Sampaio com a mesma postura, sempre tentando ocupação no campo ofensivo, e o goleiro do Sport foi obrigado a afastar uma jogada perigosa.

Apesar do maior volume de jogo da Bolívia, foram os donos da casa que inauguraram o marcador. Falta cobrada na lateral da área e a bola traiu Paulo Sergio, que cabeceou contra o próprio gol.

O Sport assustou novamente na sequência, mas Mota espalmou o chute forte de fora da área. Em seguida, o Sampaio deu a resposta e empatou a partida com Jefinho, mas a arbitragem anulou o gol, após autorizar a batida no meio-campo. Atitude que gerou revolta dos jogadores bolivianos e da comissão técnica.

O gol anulado não arrefeceu o ânimo do Sampaio, que foi buscar a igualdade minutos depois. Dione jogou o veneno na área, Jefinho subiu com o zagueiro, que desviou para as redes. Tudo igual na Ilha do Retiro.

A partida passou a ficar truncada, com muitas faltas, mas as equipes não se acomodaram com o empate, e tiveram uma chance cada para marcar. Pelo Sampaio, Marlon recebeu na entrada da área, puxou para a perna direita e disparou no canto. A bola raspou a trave.

No lance seguinte, o Sport armou o contra-ataque, mas a defesa Tricolor salvou o lance, e o jogo chegou ao fim com um ponto para cada time, ao fim dos 90 minutos.

Após a estreia na Copa do Nordeste, o Sampaio Corrêa volta sua atenções para o Campeonato Maranhense, e na quarta-feira vai até São Mateus enfrentar o Juventude Samas.

Deixe Aqui Seu Comentário
Minuto SEBRAE - MA
Etiquetas
Ler Mais

RELACIONADAS

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios