fbpx
MaranhãoPrincipais Destaques

Procon/MA divulga ranking de empresas mais reclamadas em 2020

No topo da lista, a Oi Móvel figura com 78 reclamações registradas, das quais 67 foram atendidas e 11 delas não resolvidas.

O Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor do Maranhão (Procon/MA) divulgou, nesta segunda-feira (15), no Dia Mundial do Consumidor, o ranking das dez empresas mais reclamadas em 2020 no Maranhão.

Além de registrar a totalidade das reclamações formalizadas e fundamentadas ao órgão, a lista também aponta a quantidade de demandas atendidas e resolvidas pelas empresas.

No topo da lista, a Oi Móvel figura com 78 reclamações registradas, das quais 67 foram atendidas e 11 delas não resolvidas.

Em segundo lugar, a OI Fixo tem um total de 67 reclamações recebidas, sendo 58 delas atendidas e 09 não atendidas.

A BRK Ambiental, logo em terceiro, tem um total de 61 reclamações registradas, das quais 23 não foram atendidas e 38 delas resolvidas.

No comparativo com 2019, saíram da lista das 10 mais reclamadas a Claro, SKY e Banco do Brasil. Em contrapartida, passaram a compor o grupo a Motorola, Mateus Supermercados e Samsung.

A divulgação do ranking é prevista no artigo 44 do Código de Defesa do Consumidor, o qual determina que os órgãos públicos de defesa do consumidor devem manter cadastros atualizados de reclamações fundamentadas contra fornecedores de produtos e serviços.

1 – OI MOVEL S.A.
2 – TELEMAR NORTE LESTE S/A
3 – BRK AMBIENTAL – MARANHÃO SA
4 – FACULDADE PITÁGORAS
5 – EQUATORIAL MARANHÃO DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S.A.
6 – MOTOROLA INDUSTRIAL LTDA
7 – MATEUS SUPERMERCADOS LTDA
8 – SAMSUNG ELETRONICA DA AMAZONIA LTDA-SAO PAULO
9 – TIM S.A.
10 – COMPANHIA DE SANEAMENTO AMBIENTAL DO MARANHAO (CAEMA)

Deixe Aqui Seu Comentário
Minuto SEBRAE - MA
Etiquetas
Ler Mais

RELACIONADAS

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios