fbpx
Covid-19MaranhãoPrincipais Destaques

Maranhão passa dos 14 mil casos ativos de Covid-19

Dados do boletim divulgado na noite desta quarta-feira, revelam que o Estado registrou novamente 39 mortes pela doença e mais 1 novos casos em 24 horas.

Pelo segundo dia consecutivo, o Maranhão registrou 39 óbitos por Covid-19 em 24 cidades. Os dados são do boletim epidemiológico divulgado na noite desta quarta-feira (24).

A capital São Luís lidera o registro de óbitos com 11 mortes, seguida por Timon com 4 mortes e as cidades de Santa Inês e Campestre do Maranhão, com 2 óbitos cada. (SEGUE ABAIXO A RELAÇÃO COMPLETA DOS ÓBITOS POR CIDADE)

O número de novos casos da doença também segue alta. Foram 1.186 novos casos de Covid-19 em 24 horas. Destes, 178 na Ilha de São Luís, 97 em Imperatriz e 911 nas demais regiões.

Em números totais, o Maranhão já registrou desde o início da pandemia, 236.832 casos do novo coronavírus. Destes, 216.821 já estão recuperados e 5.798 vieram a óbito.

O número de casos ativos da doença está em 14.213. Destes, 1093 estão internados em enfermarias e 633 em UTI´s.

LEITOS PARA COVID-19

Em São Luís, a taxa de ocupação de leitos de UTI está em 96%. Na cidade de Imperatriz, 95% e nas demais regiões, 83%.

Quanto aos leitos clínicos, a taxa de ocupação está em 98% na Grande Ilha, 97% em Imperatriz e 57% nas demais regiões.

ÓBITOS

Novos óbitos registrados nas seguintes cidades: Pedro do Rosário (1), Santa Helena (1), Palmeirândia (1), Zé Doca (1), Mirinzal (1), Olinda Nova do Maranhão (1), Balsas (1), Bacabal (1), Carutapera (1), Riachão (1), Santo Antônio dos Lopes (1), Porto Franco (1), Açailândia (1), Imperatriz (1), Matões (1), Senador La Roque (1), Santa Luzia (1), Rosário (1), Lago Verde (1), Paraibano (1), Campestre do Maranhão (2), Santa Inês (2), Timon (4) e São Luís (11).

Deixe Aqui Seu Comentário
Minuto SEBRAE - MA
Etiquetas
Ler Mais

RELACIONADAS

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios