fbpx
CiênciaDestaques

Foguete da SpaceX se despedaça no céu e confunde internautas

A grande explosão dividida em dezenas de pontos de luz chamou atenção de moradores do local que, inicialmente, pensaram se tratar de um cometa ou meteoro.

Uma bola de fogo iluminou o céu de Oregon, nos Estados Unidos, na noite de quinta-feira (26). A grande explosão dividida em dezenas de pontos de luz chamou atenção de moradores do local que, inicialmente, pensaram se tratar de um cometa ou meteoro. Mas de acordo com especialistas, o show de luzes se tratava de um foguete da SpaceX.

Residentes da área de Portland a Seatle registraram o momento nas redes sociais. Vídeos com o ocorrido lotaram o Facebook e Twitter. Uma dessas imagens era de Krissy Allori, que no momento da explosão curtia a praia ao redor de uma fogueira. Em entrevista ao The Washington Post, a espectadora falou da experiência e contou ter notado que havia algo de diferente em relação a velocidade e altura dos objetos.

“Foi estranho porque meteoros disparam pelo céu tão rápido e então eles desaparecem. Mas isso era tão baixo e estava indo tão devagar. Foi realmente espetacular”, disse a americana de 42 anos.

Segundo Jonathan McDowell, astrônomo do Harvard Smithsonian Center for Astrophysics, o que se acreditava ser um cometa, na verdade, se trata de um foguete de segundo estágio de um SpaceX Falcon 9 que ao ser lançado de volta a atmosfera começou a queimar. A aeronave deveria desacelerar e explodir sem alarde sobre o mar ao sul da Austrália, mas ao que tudo indica, o procedimento falhou.

Liderados por Elon Musk, as espaçonaves da Falcon 9, da SpaceX, são conhecidas pela capacidade de pousar com segurança um impulsionador de primeiro estágio após o lançamento no espaço – um feito que antes era assustador, mas agora se tornou rotina. Entretanto, seus foguetes de estágio posterior são ainda projetado para cair de volta à Terra, queimando no caminho, o que era para ter acontecido com esse, explicou McDowell .

Ainda de acordo com o astrônomo, o foguete tinha cerca de 22 pés de comprimento e pesava cerca de 3 toneladas. Ele fazia parte de um Falcon 9 que foi lançado no dia 4 de março para colocar uma carga útil de satélites em órbita. Depois de girar o globo a cerca de 17.000 mph, ele reentrou na atmosfera cerca de 40 milhas acima da superfície da Terra, muito acima da altura dos aviões.

Através do Twitter, autoridades locais se pronunciaram dizendo que esperam uma confirmação sobre o que realmente tomou o céu do noroeste do Pacífico e salientaram que as informações sobre o foguete não são oficiais.

“Enquanto esperamos mais confirmações sobre os detalhes, aqui estão as informações não oficiais que temos até agora. Os objetos brilhantes amplamente relatados no céu foram os destroços de um foguete Falcon 9 de segundo estágio que não teve uma queima de órbita”, disse o Serviço Meteorológico Nacional de Seattle , que acrescentou que não houve impactos de destroços na região.

Deixe Aqui Seu Comentário
Minuto SEBRAE - MA
Etiquetas
Ler Mais

RELACIONADAS

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios