fbpx
DestaquesLuto

Morre Aleksandar Mandic, um dos pioneiros da internet no Brasil

O empresário foi responsável pela criação do Mandic, um dos primeiros provedores de banda larga do país durante os anos de 1990.

Aleksandar Mandic, considerado um dos pais da internet no Brasil, morreu aos 66 anos. O empresário foi responsável pela criação do Mandic, um dos primeiros provedores de banda larga do país durante os anos de 1990. A causa da morte não foi divulgada.

Mandic tinha formação técnica em eletricidade e trabalhava na Siemens quando começou a desenvolver o Mandic BBS (siga para Bulletin board system, como eram chamados os primeiros modelos de conexão dos computadores via telefone).

Após conseguir certo sucesso com seu provedor, Mandic vendeu a empresa para uma companhia argentina e pouco tempo depois ajudou a fundar o iG. Um dos provedores de internet (e portal de notícias) mais populares no Brasil durante os anos 2000.

O empresário é considerado uma das primeiras pessoas a ganhar dinheiro com internet no Brasil e um dos grandes admiradores do modelo de negócio lucrativo que não cobrava por acesso de seus usuários.

Atualmente ele era dono do Mandic Magic, um app para achar pontos de WiFi através da colaboração de seus próprios usuários, que precisam cadastrar os pontos de interesse e locais com internet.

“É com imenso pesar que recebemos a notícia sobre o falecimento de Aleksandar Mandic na tarde desta quinta-feira. Mandic foi um líder visionário que contribuiu fortemente para o desenvolvimento da internet e de novas tecnologias no Brasil. Ele já não fazia mais parte da composição acionária de nossa empresa, mas seu espírito inovador estará sempre nos acompanhando. Reconhecido como um dos maiores empreendedores do Brasil, ele será carinhosamente lembrado por todos por sua personalidade alegre e por sua inspiradora visão de futuro”, disse a nota divulgada pela Mandic Cloud Solutions, empresa fundada pelo empresário.

Deixe Aqui Seu Comentário
Minuto SEBRAE - MA
Ler Mais

RELACIONADAS

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios