fbpx
Covid-19MaranhãoPrincipais Destaques

Exames descartam circulação da cepa indiana da Covid-19 no Maranhão

Equipe do hospital que teve contato com infectados com variante indiana testa negativo para cepa no MA

O governador do Maranhão, Flávio Dino afirmou nesta quinta-feira (27) através de suas redes sociais que os testes realizados na equipe do hospital privado que atende o paciente indiano de 54 anos, internado na UTI com a variante indiana (B.1.617) em São Luís e, no grupo de 36 indianos hospedados em um hotel da capital, deram negativo para a variante.

O governador afirmou que com o resultado dos testes, o estado descarta a transmissão local pela variante indiana no Maranhão.

Ao todo, foram rastreadas 147 pessoas para identificar uma possível transmissão local da variante no Maranhão.

Das amostras recolhidas, seis testaram positivo para a Covid-19 e em seguida, foram encaminhadas para o Instituto Evandro Chagas, no Pará, onde foi realizado o sequenciamento genético.

De acordo com Carlos Lula, as amostras deram negativo para a variante indiana, entretanto, foram positivas para a variante P.1, originada em Manaus. Os pacientes são funcionários do hospital privado que atende o paciente indiano e mesmo antes da confirmação, foram colocados em quarentena e seguem em acompanhamento.

Até esta quarta-feira (26), dos 102 testes realizados em pessoas que tiveram contato direto e indireto com os seis tripulantes do navio MV Shandong da Zhi infectados com a variante indiana, apenas 40 resultados haviam sido divulgados.

Tripulantes de navio

O tripulante indiano de 54 anos, internado em uma UTI de um hospital particular de São Luís com a variante indiana do coronavírus (B.1.617), segue com quadro clínico grave, mas estável. A informação foi divulgada nesta quinta, pela Secretaria de Estado da Saúde (SES).

No sábado (22), ele foi entubado após apresentar piora no quadro clínico.

A secretaria afirma que os outros 23 tripulantes do navio seguem em quarentena na embarcação, ancorada a 50 km da costa maranhense, e não apresentam sintomas da Covid-19.

Indianos em hotel de São Luís

Um grupo de 38 indianos, que está hospedado em um hotel de São Luís, foram submetidos a testes de Covid-19 para identificar a presença da variante indiana. Segundo o governo do Estado, a entrada dos estrangeiros foi autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), o grupo cumpriu os requisitos de protocolo para entrada em solo nacional, ao apresentarem testes do tipo RT-PCR negativos para a Covid-19.

Além do grupo, funcionários e hóspedes do hotel também foram submetidos a testes. As amostras foram encaminhadas para o Laboratório Central de Saúde Pública do Maranhão (LACEN/MA), e em seguida, enviadas ao Instituto Evandro Chagas, em Belém.

Deixe Aqui Seu Comentário
Minuto SEBRAE - MA
Ler Mais

RELACIONADAS

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios