WeCreativez WhatsApp Support
O MAIOR PORTAL DE NOTICIAS DO MARANHÃO
ᴄᴇɴᴛʀᴀʟᴅᴇɴᴏᴛɪᴄɪᴀꜱ.ʀᴀᴅɪᴏ.ʙʀ
CoronavírusDestaquesMundo

4 mil são multados em um dia na França por saírem de casa

Na última quarta-feira, a Itália registrou 475 mortes em 24 horas, o número mais alto em um país até agora.

O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, anunciou nesta quinta-feira que vai prolongar a quarentena na Itália, o país mais afetado pelo novo coronavírus na Europa. Em entrevista ao jornal Corriere della Sera, o premier informou que vai estender o período de isolamento obrigatório e o fechamento das escolas, universidades e da maioria do comércio. As medidas estavam previstas para terminar entre o final deste mês e início de abril. Conte, porém, não informou até quando elas vão ser válidas.

Pelos prazos atuais, a ordem é de que a maioria das lojas permaneça fechada, exceto as que vendem comida e farmácias, até pelo menos 25 de março. Já as escolas e universidades iriam ficar interditadas até 3 de abril.

— As medidas adotadas, tanto o encerramento das atividades quanto a referente à escola, só podem ser estendidas. Estamos prontos para liberar dezenas de bilhões de investimentos públicos — disse Conte, em entrevista.

A população também está proibida de ir às ruas, exceto para trabalhar em serviços essenciais, por motivos médicos ou em casos de emergência. Autoridades italianas informaram que as medidas drásticas são necessárias porque muitos não estão respeitando o isolamento obrigatório, fazendo com que mais pessoas adoeçam.

Na última quarta-feira, a Itália registrou 475 mortes em 24 horas, o número mais alto em um país até agora. Até o momento, houve 2.978 mortes no país e mais de 35 mil pessoas contaminadas. A situação chegou ao ponto de os cemitérios não terem mais espaços para os corpos, que estão sendo carregados em caixões pelo Exército para serem cremados.

Deixe Aqui Seu Comentário
Rei dos Reis - Cortina
Etiquetas
Ler Mais

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

RELACIONADAS

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios