Saúde e Beleza

8 dicas para dormir bem e aumentar a produtividade durante o dia

Está com dificuldade para ter uma boa noite de sono? Veja abaixo alguns hábitos que podem ajudar a driblar a insônia

Dar ao corpo as horas de descanso necessárias é essencial para manter a saúde física e mental. Além de restabelecer diversas funções químicas do organismo e até evitar doenças, o sono é responsável por nos manter focados, com a memória funcionando e de bom humor.

Porém, com a rotina cada vez mais intensa que vivemos, nem sempre é fácil alcançar um repouso de qualidade. Para driblar alguns dos problemas mais comuns que afetam o sono, conversamos com especialistas e listamos abaixo 8 dicas que vão te ajudar a dormir melhor. Confira!

 (Pexels/Pexels)

1.Descubra o seu ritmo

Analisar como o seu organismo funciona nos diferentes momentos do dia faz toda a diferença na hora de regular o sono, explica Andrea Bacelar, neurologista e presidente da Associação Brasileira do Sono. “Saber se o seu cronotipo é matutino ou vespertino ajuda a estabelecer qual é a melhor hora para dormir e acordar. Quem tem um rendimento melhor à noite, pode optar por dormir mais tarde e, também, acordar mais tarde. O mesmo serve para quem é mais ativo pela manhã e começa a se sentir cansado cedo”, explica a médica.

Tenha regularidade no horário de deitar e levantar. O corpo funciona como um ciclo e, quando criamos uma rotina, ele entende que deve segui-la. Por isso, se você exercitar o seu organismo para dormir às 23h, por exemplo, ele compreenderá que essa é a sua hora de ir para a cama e se preparará para isso.

3.Desconecte-se

O celular e o computador também podem atrapalhar uma boa noite de descanso. A luz azul emitida por esse tipo de aparelho interfere na secreção do hormônio melatonina, que ajuda o corpo a pegar no sono. O indicado é parar de utilizá-los, pelo menos, uma hora antes de dormir.

4.A insônia bateu? Não fique rolando na cama

Ficar virando de um lado para o outro na cama, torcendo para dormir, só faz com que a ansiedade aumente e o sono fique mais distante. “Nesse caso, levantar e fazer alguma atividade para dispersar o cérebro pode ajudar. Deixar o ambiente com uma luz baixa e ler um livro, por exemplo, é uma boa alternativa”, explica Andrea.

5.Pratique exercícios físicos

A prática de exercícios é essencial para a saúde e traz inúmeros benefícios. Além de aumentar o fluxo sanguíneo, ativar o metabolismo e produzir hormônios necessários, movimentar o corpo também ajuda a diminuir o estresse e ansiedade, que são vilões de noites bem dormidas por dificultarem o relaxamento do organismo e da mente.

6.Evite alimentos pesados à noite

“Não é indicado comer em grande quantidade ou ingerir alimentos pesados antes de dormir, pois o organismo não está preparado para fazer uma digestão complexa nesse momento. O ideal é se alimentar, no máximo, até três ou quatro horas antes de deitar para evitar desconforto e até casos mais graves, como refluxo”, aconselha o nutricionista Carlos Canavez Basualdo, da clínica Mais Excelência Médica, de São Paulo, SP.

7.Esvazie a mente

“Desacelerar também é uma atitude que pode ajudar. Antes de dormir, anote as preocupações e comece a esvaziar e mente. Isso aliviará o funcionamento excessivo do cérebro e vai contribuir para o descanso”, explica Andrea Bacelar.

8.Fique confortável

Sentir-se bem ajuda a relaxar o corpo e a mente, o que facilita a chegada do organismo ao estado de repouso. “Para ficar confortável, vá desligando aos poucos. Tome um banho, coloque uma roupa confortável e beba um chá de camomila ou erva doce, que são alimentos indutores do sono”, diz Carlos.

Com informações de Boa Forma

Deixe Aqui Seu Comentário
Tags
Ler Mais

RELACIONADAS

Close
Close