Cidades

Acusados de assassinar crianças de forma brutal em Bacabeira vão a júri popular hoje

O crime ocorreu em 11 de agosto do ano passado, nas proximidades do município de Bacabeira.

Começa hoje (08) a sessão de Júri Popular que levará a julgamento Antônio Coelho Machado, Josean Serra Rego e Cleferson de Jesus Machado Vilaça, acusados pelos crimes de homicídio contra uma criança 11 anos e um adolescente de 12 anos, e tentativa de homicídio contra outros dois menores. O crime ocorreu em 11 de agosto do ano passado, nas proximidades do município de Bacabeira.

Segundo a denúncia oferecida pelo Ministério Público Estadual (MPMA), na data referida os denunciados, armados com espingardas, revólveres, facão e facas, teriam atacado de forma cruel as vítimas, praticando o crime de homicídio qualificado por motivo fútil e ocultação de cadáver contra as duas vítimas fatais; e homicídio tentado contra outras duas vítimas, qualificado por motivo fútil e meio que dificultou sua defesa, somente não consumando o fato por razões alheias a sua vontade.

A sessão do Tribunal do Júri foi designada inicialmente para o dia 4 de outubro, não tendo ocorrido na data em razão da ausência dos advogados de um dos acusados.

Entenda o crime
Os corpos de uma criança e um adolescente foram encontrados em uma cova rasa em Campo de Peris, na cidade de Bacabeira (MA). As vítimas eram moradoras da Vila Samara, zona rural de São Luís e estavam desaparecidas desde a última terça-feira (1º).

A criança e o adolescente haviam saído de casa para pescar em um açude. Eles estavam em companhia de outros dois jovens, de 15 e 18 anos, quando foram surpreendidos por um grupo de homens armados com facões e armas de fogo, de acordo com a Delegacia Regional de Rosário, os dois adolescentes conseguiram fugir do ataque e foram encontrados por moradores da região caídos e gravemente feridos.

O menino de 15 anos estava baleado na boca, e o jovem de 18 anos estava baleado na pena e com vários golpes de facão. As vítimas foram levadas em estado grave para o hospital Socorrão II. A polícia chegou até os corpos dos meninos, após prender os suspeitos de praticarem o ataque que confessaram ter assassinado e enterrado as crianças.

Deixe Aqui Seu Comentário
Tags
Ler Mais

RELACIONADAS

Close
Close