Tecnologia

Amazon usa pacotes falsos para identificar entregadores trambiqueiros

Truque visa identificar motoristas que desviam mercadorias no momento da entrega.

A Amazon aparece em primeiro lugar na categoria de compras da App Store e passa dos 100 milhões de downloads na Google Play Store, do Android. Já o site consta no ranking dos 20 mais acessados do planeta. Com tamanha operação de venda de produtos, a gigante do comércio precisa se precaver diante de empregados espertos que tentam furtar as encomendas. Desta vez, foi revelado um método adotado pela empresa nos Estados Unidos: o uso de pacotes falsos para identificar funcionários mal-intencionados.

A armadilha é feita para flagrar os motoristas dos caminhões de entregas. Tudo começa ao carregar o veículo no galpão da Amazon, onde um funcionário que está por dentro do truque adiciona, junto com as entregas reais, uma caixa vazia com uma etiqueta falsa. Segundo uma fonte anônima ouvida pelo site Business Insider, o pacote vazio é colocado em caminhões aleatoriamente.

Motoristas devem escanear as etiquetas de cada mercadoria no momento da entrega. O pulo do gato está justamente aí: como a etiqueta da caixa vazia é falsa, o leitor de código de barras acusa um erro de sistema. O procedimento padrão é informar a Amazon sobre o problema e devolver o pacote ao estoque. Nessa hora, funcionários espertalhões se aproveitam do aparente problema para desviar o produto.

Para disfarçar a isca, os funcionários que carregam as caixas falsas nos caminhões podem adicionar algum objeto para fazer peso. Tudo para não deixar o motorista saber que está sendo alvo de uma espécie de teste de fidelidade ao empregador.

Não se sabe quantos motoristas já foram flagrados, visto que a tática era desconhecida até recentemente. Segundo um antigo gerente de uma terceirizada da Amazon, é improvável que o funcionário pego tenha segunda chance. “Se você trouxer o pacote de volta, você é inocente. Se você não fizer isso, você é um bandido”, contou ao Business Insider.

Apesar do segredo envolvendo a armadilha com mercadorias, não é mistério que a Amazon lança mão de vários estratagemas para evitar roubos. Segundo a Bloomberg, em uma reportagem de 2016, a empresa chegou a exibir vídeos de funcionários pegos desviando mercadorias para servirem de exemplo aos demais.

Esse tipo de medida faz parte de uma estratégia para diminuir as perdas bilionárias com fraudes, erros e roubos. Segundo um levantamento da federação de varejistas dos EUA, lojistas registraram prejuízo de US$ 47 bilhões por conta de falhas dos funcionários, algo perto dos R$ 200 bilhões.

Só em 2017, a Amazon entregou 5 bilhões de pacotes em todo o mundo apenas para assinantes do serviço Amazon Prime.

Deixe Aqui Seu Comentário
Tags
Ler Mais

RELACIONADAS

Close
Close