WeCreativez WhatsApp Support
O MAIOR PORTAL DE NOTICIAS DO MARANHÃO
ᴄᴇɴᴛʀᴀʟᴅᴇɴᴏᴛɪᴄɪᴀꜱ.ʀᴀᴅɪᴏ.ʙʀ
Colunistas

Ameaças da Reforma da Previdência aos trabalhadores

Por Cunha Santos

 

Três fatores principais devem estar preocupando os trabalhadores brasileiros com relação à Reforma da Previdência que, segundo previsões, desembarca na Câmara Federal até a próxima quarta-feira.

Um deles diz respeito à paridade, isto é, se o governo vai manter a extensão dos reajustes salariais dos servidores da ativa para os inativos. Esta seria, inclusive, uma preocupação de muitos governadores que temem que a paridade coloque em risco as contas dos estados.

O outro fator é a aposentadoria integral dos servidores, via de regra ameaçada por redutores criados pelas cabeças econômicas que elaboram a Reforma da Previdência. Obviamente que os servidores são contra a redução dos benefícios e muitos deles começaram a preparar processos de aposentadoria visando encerrar suas carreiras antes da reforma.

Não nos parece justo que depois de trabalhar e contribuir com o regime previdenciário por tantos anos, depois de velhos, quando crescem as despesas com a saúde, os planos de saúde são mais caros e até necessitam de alimentação especial, os trabalhadores tenham seus salários reduzidos.

Uma novidade que ameaça surgir nessa nova proposta de Reforma da Previdência é o regime de capitalização. Por este regime, quem entrar no mercado de trabalho agora passará a poupar dinheiro em uma conta individual para pagar pela própria aposentadoria. O problema com esse regime é que o dinheiro das contribuições sai do INSS e passa para o mercado financeiro, deixando os beneficiários atuais desamparados e obrigando o governo a buscar alguma forma de compensação.

(Foto divulgação)



Dados divulgados pelo ministério da Saúde nesta quarta-feira (28) informam que somente 8,9% dos aprovados no novo edital do Mais Médicos, aberto após Cuba deixar o programa, se apresentaram para trabalhar nos postos de saúde. Tanto o atual governo quanto o presidente eleito, Jair Bolsonaro, haviam comemorado o fato de 97,8% das vagas abertas terem sido preenchidas (8.319 de 8.500), porém, somente 738 profissionais apareceram para trabalhar. O prazo para se apresentarem é 14 de dezembro, de acordo com o edital.

Após Cuba irresponsavelmente retirar-se do Mais Médicos por não aceitar dar liberdade e salário integral aos seus cidadãos, quase 100% das vagas já foram preenchidas por brasileiros. Está claro que o acordo do PT era pretexto para financiar a ditadura membro do foro de São Paulo.

Reportagem do portal UOL traz o caso da cidade de Cosmópolis, interior de São Paulo, que teve sete médicos aprovados no novo edital, mas somente três estão disponíveis. Segundo a prefeitura, três desistiram antes de ‘tomar posse’ e um não se apresentou. “Lá havia oito médicos cubanos – sete saíram. O outro fez o Revalida, exame de validação do diploma obtido no exterior, e foi aprovado”, informa a matéria.

Os gestores de Saúde estão preocupados. “Se houver dificuldade em repor os cubanos, o ministério estuda deslocar profissionais que já atuam no programa para essas regiões. Em edital de novembro de 2017, o índice de desistência entre profissionais com registro havia sido de 20%”, diz a reportagem.

Já em Contagem, Grande Belo Horizonte, dos cinco médicos inscritos, dois desistiram. No posto de Nova Contagem, bairro pobre da cidade, o único médico que havia, um cubano, já deixou o posto. Com isso, a prefeitura estima que 22 pacientes deixam de ser atendidos diariamente no local.

 

 

Deixe Aqui Seu Comentário
Rei dos Reis - Cortina
Etiquetas
Ler Mais

Um comentário

  1. Hi there! Do you know if they make any plugins to assist with Search Engine Optimization? I’m trying to get my blog to rank for some targeted keywords but I’m not seeing very good gains. If you know of any please share. Cheers!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RELACIONADAS

Veja Também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios