GRANDE RIO HONDA
MaranhãoPrincipais Destaques

Auditores fiscais do Trabalho iniciam análise de acidente em supermercado em São Luís

A inspeção no mercado deve ocorrer ainda nesta semana. Uma trabalhadora morreu e oito pessoas ficaram feridas no acidente ocorrido na última na sexta-feira (10).

Auditores fiscais do Trabalho da Superintendência Regional do Trabalho no Maranhão iniciaram a análise do acidente de trabalho ocorrido em mercado da capital, São Luís. Na última sexta-feira (10) prateleiras desabaram durante o funcionamento da loja deixando uma trabalhadora morta e oito pessoas feridas, entre eles, uma empregada do estabelecimento.

Nessa segunda-feira (5), a equipe designada para a investigação das causas que contribuíram para o acidente esteve reunida com representantes da empresa, entre eles os gerentes de Recursos Humanos e do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho.

Na ocasião, foi entregue uma notificação para apresentação de documentos, que serão analisados pelos auditores fiscais do Trabalho. A inspeção no mercado deve ocorrer ainda nesta semana.

A equipe busca, ainda, identificar as medidas de prevenção que poderiam ter evitado o evento indesejado, bem como as medidas de proteção que poderiam ter reduzido as consequências.

O prazo da fiscalização de acidente de trabalho depende de diversos fatores como a gravidade do acidente; a necessidade de levantamento de informações e provas com outros órgãos, como por exemplo, a perícia da Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros; a quantidade de trabalhadores envolvidos; e a verificação de responsabilidades.

Ao término da análise do acidente, os auditores fiscais do Trabalho elaboram o relatório de fiscalização, além de lavrar autos de infração decorrentes de possíveis irregularidades relacionadas ao evento.

Deixe Aqui Seu Comentário
Minuto SEBRAE - MA
Etiquetas
Ler Mais

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

RELACIONADAS

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios