CidadesPrincipais Destaques

Aumenta índice de violência contra crianças e adolescentes em Imperatriz

Entre os meses de janeiro a julho, foram registradas 208 denúncias. No ano passado, nesse mesmo período, foram 158 atendimentos realizados.

Segundo dados do Atlas da Violência 2018, o índice de denúncias de violência e abuso sexual contra crianças e adolescentes vem aumentando na cidade de Imperatriz. Entre os meses de janeiro a julho, foram registradas 208 denúncias. No ano passado, nesse mesmo período, foram 158 atendimentos realizados.

Metade das vítimas de estupro no Brasil são crianças, segundo o Atlas da Violência deste ano. Em Imperatriz o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) é uma rede de proteção que oferece atendimento psicológico as vítimas, já que a maioria dos agressores tem algum grau de parentesco com a criança.

Em 2018 a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente instaurou 28 inquéritos em Imperatriz. Desse total 17 estão relacionados a estupro de vulnerável. Todas as denúncias são investigadas pela delegacia e a vítima é ouvida por um psicólogo.

Uma arma importante na luta contra a violência a crianças e adolescentes é quebrar o silêncio. O Disque 100 é a principal fonte de denúncia da Delegacia Especializada, mas os casos também podem ser denunciados por meio do Conselho Tutelar, Defensoria Pública, Ministério Público e Vara da Infância e Juventude.

Deixe Aqui Seu Comentário
Tags
Ler Mais

RELACIONADAS

Close
Close