WeCreativez WhatsApp Support
O MAIOR PORTAL DE NOTICIAS DO MARANHÃO
ᴄᴇɴᴛʀᴀʟᴅᴇɴᴏᴛɪᴄɪᴀꜱ.ʀᴀᴅɪᴏ.ʙʀ
BrasilCoronavírusDestaques

Brasil tem 159 mortos e 4.579 infectados pelo novo coronavírus

No domingo, o total de infectados chegava a 4.256, com 136 mortes confirmadas

O número de pessoas diagnosticadas com o novo coronavírus no Brasil subiu para 4.579 e o total de mortes chega a 159. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde na tarde desta segunda-feira. No último balanço do governo, no domingo, o total de infectados chegava a 4.256, com 136 mortes confirmadas.

Em relação ao balanço divulgado no domingo, a letalidade da Covid-19 aumentou. No domingo, a taxa de letalidade (proporção entre casos confirmados e mortes) era de 3,2%. Nesta segunda-feira, a taxa de letalidade subiu para 3,5%.

São Paulo continua como o estado com o maior número de casos confirmados da doença: 1.451. O segundo colocado é o Rio de Janeiro, que registrou 600 casos da Covid-19. Em terceiro lugar está o Ceará, com 372 casos, seguido do Distrito Federal, com 312.

A plataforma de divulgação dos dados sobre a Covid-19 do Ministério da Saúde não permite checar a quantidade de mortes por estado. Os dados detalhados deverão ser divulgados nas próximas horas.

Confira o número de casos por estado:

Norte
Acre – 42

Amapá – 8

Amazonas – 151

Pará – 18

Rondônia – 6

Roraima – 16

Tocantins – 9

Nordeste
Alagoas – 17

Bahia – 176

Ceará – 372

Maranhão – 23

Paraíba – 14

Pernambuco -73

Piauí -14

Rio Grande do Norte -68

Sergipe – 16

Centro-Oeste
Distrito Federal – 312

Goiás – 58

Mato Grosso – 16

Mato Grosso do Sul – 36

Sudeste
Espírito Santo – 72

Minas Gerais – 231

Rio de Janeiro – 600

São Paulo – 1451

Sul
Paraná – 148

Rio Grande do Sul – 226

Santa Catarina -194

Deixe Aqui Seu Comentário
Rei dos Reis - Cortina
Etiquetas
Ler Mais

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

RELACIONADAS

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios