Entretenimento

‘Cem Anos de Solidão’ vai virar série da Netflix

"Cem Anos de Solidão", um clássico da literatura, foi publicado em 1967 e é uma das mais aclamadas obras de García Márquez.

A Netflix anunciou que adquiriu os direitos de “Cem Anos de Solidão”, obra do colombiano Gabriel García Márquez, e irá transformá-lo em série. Rodrigo e Gonzalo García, filhos do escritor, serão produtores-executivos da série, que será falada em espanhol e será feita no país do autor. Ao jornal The New York Times, Rodrigo García disse que seu pai, morto há cinco anos, queria uma adaptação que mantivesse a língua original.

O anúncio foi feito nas redes sociais da Netflix latino-americana. “Esta marca a primeira e única vez em mais de 50 anos que a família permitiu que o projeto seja adaptado à tela”, escreveu a empresa no post. A publicação vinha acompanhada de um vídeo que começa com borboletas voando num bosque tropical e um anúncio: “Bem-vindo a Macondo” – a aldeia imaginária onde se passa a trama.
Internautas exprimiram emoção com a notícia, mas também alguma preocupação de que a série não faça jus à obra de García Márquez.

Mas esta não é a primeira vez que se tenta adaptar o romance. Vice-presidente do conteúdo original da Netflix para a América Latina e a Espanha, Francisco Ramos afirmou ao jornal americano que a plataforma de streaming já havia tentado comprar os direitos do livro antes, mas houve resistência da família do Nobel de Literatura.

A empresa só conseguiu fechar contrato depois dos sucessos de dois produtos seus falados em espanhol: a série “Narcos” e o longa-metragem “Roma”, vencedor do Oscar de melhor filme estrangeiro.

Segundo Rodrigo García disse ao New York Times, seu pai recebeu muitas propostas de adaptação audiovisual do livro, mas temia que a história não seria bem traduzida em filme. Porém, prosseguiu o filho, “nos últimos três ou quatro anos o nível, o prestígio e o êxito das séries e minisséries cresceram muitíssimo”.

Em entrevista ao jornal colombiano El Tiempo, ele acrescentou: “Fazer (a série) em espanhol e na Colômbia cumpre dois dos desejos mais importantes para a família. A Netflix tem tido tanto êxito e penetração com séries locais em idiomas locais, muito mais êxito que o mercado hispânico; todas essas circunstâncias se somaram para que a família começasse a pensar que era um momento especial (para aceitar a proposta).”

“Cem Anos de Solidão”, um dos marcos do realismo mágico, foi publicado em 1967 e é uma das mais aclamadas obras de García Márquez. Até hoje, já vendeu cerca de 50 milhões de cópias e foi traduzido para 46 idiomas. No romance, o escritor colombiano retrata a saga de sucessivas gerações da família Buendía na fictícia aldeia Macondo, um símbolo da truculência e os impasses da América Latina.

Deixe Aqui Seu Comentário
Tags
Ler Mais

RELACIONADAS

Close
Close