BrasilEconomia

Prazo de declaração do ITR termina na próxima sexta-feira (28)

Até a última segunda-feira (24/9) foram apresentadas 4.570.634 declarações, segundo a Receita

Os produtores rurais brasileiros têm até a próxima sexta-feira (28/9) para entregar a Declaração do Imposto Territorial Rural (DITR). Considerando a base do ano passado informada pela Receita Federal e que houve pouca alteração no número de propriedades no país no último ano, faltam mais de 1 milhão declarações para serem entregues. Até a última segunda-feira (24/9) foram apresentadas 4.570.634 declarações, segundo a Receita, de um total de 5,6 milhões entregues em 2017.

Quem ainda não entregou, pode enviar a documentação até as 23h59min59s de sexta, horário de Brasília.

Reunião da CNA, em Brasília

A Comissão Nacional de Assuntos Fundiários da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) alertou os produtores para o fim do prazo. Os representantes se reuniram na quarta (26), em Brasília.

Na ocasião, o presidente da Comissão, Maurício Saito, ressaltou a importância de se cumprir o prazo para evitar o pagamento de multas. “Proprietários pessoa física e jurídica, titulares ou possuidores de qualquer título de imóvel rural devem apresentar a documentação”.

O coordenador de Assuntos Estratégicos da CNA, Joaci Medeiros, destacou a campanha que a Confederação realizou para divulgar a declaração do imposto. “Desde a abertura do prazo, em 13 de agosto, enviamos informações para os produtores rurais, uma vez por semana, alertando para o prazo”.

O coordenador de Assuntos Estratégicos da CNA, Joaci Medeiros

Durante a reunião, a Comissão também debateu a vinculação dos produtores ao Cadastro Nacional de Imóveis Rurais (CNIR), resultado da unificação da base de dados do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e da Secretaria da Receita Federal do Brasil.

“O CNIR visa proporcionar mais segurança jurídica ao setor. Os produtores com propriedades acima de 50 hectares devem fazer a vinculação a esse novo cadastro”, disse Joaci.

Joaci explicou que ainda há uma baixa adesão dos cadastros. “Atingimos apenas 30% do previsto e precisamos ampliar esse número. O produtor rural precisa ficar atento a essa vinculação, que é obrigatória”.

As informações são do Globo Rural e da assessoria de Comunicação CNA/SENAR

Deixe Aqui Seu Comentário
Tags
Ler Mais

RELACIONADAS

Close
Close