Entretenimento

Destinos maranhenses são divulgados em feira de turismo de Londres

A WTM Londres começou nesta última segunda-feira (5) com uma expectativa de receber mais de 88 mil visitantes durante os três dias de evento.

A promoção dos destinos turísticos do Maranhão nos maiores eventos nacionais e internacionais do setor é uma das mais efetivas estratégias para divulgação das belezas maranhenses. Sendo assim, o Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur), está participando de mais uma edição da World Travel Market London 2018 (WTM London), em Londres, na Inglaterra. A WTM Londres começou nesta última segunda-feira (5) com uma expectativa de receber mais de 88 mil visitantes durante os três dias de evento, superando o recorde de 87.794 alcançado no ano passado.

No estande do Ministério do Turismo, material promocional e atendimento especializado completam a divulgação dos três principais polos turísticos do Maranhão. “A apresentação dos nossos destinos turísticos na World Travel Market London 2018 é estratégica. Por ser uma das maiores e reconhecidas do segmento, é uma excelente vitrine, principalmente por contar com a presença de um público qualificado”, afirma o secretário de Cultura e Turismo, Diego Galdino.

Ao todo serão 5 mil expositores de 182 países reunidos no centro de exposições Excel London até esta quarta-feira (7). A previsão é de que a feira supere os 3,1 bilhões de libras em negócios gerados (aproximadamente R$ 14,8 bilhões), marca alcançada em 2017 e que foi considerada recorde das 38 edições da WTM Londres.

O destaque fica por conta dos novos expositores. Cerca de 170 marcas fazem sua estreia nesta edição da feira, incluindo companhias aéreas, locadoras de veículos, operadoras de turismo cinematográfico, operadores de aventura e instalações esportivas, além de conselhos de turismo, empresas de marketing de destino, e de tecnologia.

Uma das novidades deste ano são as “Inspiration Zones”, áreas que vão funcionar como pontos centrais de cada região do planeta dentro da feira. A ideia é debater temas da região e estabelecer networking para contatos regionais. Ao todo serão sete “zonas de inspiração”: Reino Unido e Irlanda, Europa e Mediterrâneo, Médio Oriente e Norte de África, Américas, Ásia, Hub Internacional e África.

As informações são da Assessoria

Deixe Aqui Seu Comentário
Tags
Ler Mais

RELACIONADAS

Close
Close