Saúde e Beleza

Gracy revela saudades de pão de queijo e qual parte do corpo odeia

A musa fitness conversou com exclusividade com a Glamour

Gracyanne Barbosa é a rainha da autoconfiança na web e tenta passar tudo isso para seus seguidores no Instagram.

Conhecida por postar fotos quentes e sempre mostrar seus treinos mais pesados, ela bateu um papo com a Glamour e revelou o que morre de saudade de comer, qual parte do corpo que não gosta de jeito nenhum e ainda deu dicas para conseguir o tão falado “bumbum na nuca”.

Ah, e muito se engana quem pensa que Gracyanne está sempre em paz com o corpo que exibe na web. “Acho que, como toda mulher, vivo nos altos e baixos. Hora gosto, hora quero mudar algo. Quando eu era mais nova, eu era magra demais e isso me incomodava na hora de usar uma roupa, por exemplo. Agora, estou em uma fase em que estou gostando muito”, contou.

Confira a entrevista:

Você faz dieta há muitos anos, já virou sua rotina. Tem alguma coisa que você comia antes de fazer uma dieta tão restrita que você sente saudade?

Sinto saudade de comer pão de queijo, por exemplo. Claro que, se eu quisesse comer um de vez em quando, não mudaria nada na minha rotina. Porém, já faço dieta há tantos anos, que o meu paladar não consegue se adaptar a nada que esteja fora da dieta. Então, pego aquilo que gostava, como o pão de queijo, e faço de uma maneira mais saudável, com os ingredientes que fazem parte da minha dieta.

Quando foi que você decidiu ter uma vida fitness? Quantos anos você tinha e quando resolveu mudar seu corpo, hábitos alimentares?

Sempre fui muito dedicada, comecei a jogar vôlei com o time da minha cidade (Campo Grande-MS), desde então, aprendi a ser dedicada, regrada, queria me dedicar ao esporte, já treinava para ter resistência. Com 16 anos, assim que cheguei no Rio de Janeiro, resolvi mudar meus hábitos, claro que naquela época eu não tinha muita noção das coisas, não sabia me alimentar corretamente e nem tinha recursos para isso, não imaginava a importância do acompanhamento de profissionais, mas ali o meu querer já falou mais alto (risos).

Muita gente elogia o seu bumbum e considera que ele é perfeito. Quais os segredos para ter um “bumbum na nuca”, como você gosta de dizer?

Quem inventou esse ‘bumbum na nuca’ foi meu personal do Rio de Janeiro, Xande Negão, meu grande incentivador, que lá atrás,me mostrou o que era preciso para ter o sonhando #bumbumnanuca: treino, alimentação correta, descanso, dedicação, querer, saber esperar o tempo certo para os resultados aparecerem e o indispensável auxílio de um profissional.

Alguma vez você já pensou em desistir de fazer dieta ou malhação? Você já chegou a ficar cansada e pensou em desistir?

Cansada sempre fico, principalmente, após um treino de perna intenso, por exemplo. Mas pensar em desistir JAMAIS! Nunca deixei a dor, o cansaço, a falta de recursos, enfim nada ser maior que o meu querer.

Você sempre responde de maneira bem empoderada algumas pessoas que dizem que suas fotos são vulgares. Como é ler críticas assim e por que você responde?

Aprendi a lidar com as críticas numa boa, as pessoas sempre vão falar, opinar, julgar. Depois que passei a postar, recebi tantos depoimentos de meninas/mulheres, que se redescobriram, passaram a se gostar mais, a olhar para elas mesmas, melhoraram o relacionamento, entre muitas outras coisas. Então, é pensando nelas também que posto, respondo. Porque muitas vezes as pessoas só veem um lado, não imaginam que por trás de uma imagem tem uma mensagem.

Você já deixou de postar alguma foto por achar que ela está “sensual demais”?

Eu tiro várias fotos, geralmente, escolho junto com o Belo, vemos qual ficaria legal postar, procuro ter muito cuidado com isso, faço uma ‘avaliação’ antes de postar e se achar que não está legal, não posto.

Vi você respondendo uma fã dizendo que tem partes do seu corpo que você não gosta. Qual é?

Vou dar um exemplo: o pé (risos). Não sei explicar exatamente, mas acho ele feio.

Sua relação com seu corpo sempre foi boa, como parece ser agora?

Acho que como toda mulher, vivo nos altos e baixos. Hora gosto, hora quero mudar algo. Quando eu era mais nova, eu era magra demais e isso me incomodava na hora de usar uma roupa, por exemplo. Agora, estou em uma fase em que estou gostando muito.

Deixe Aqui Seu Comentário
Tags
Ler Mais

RELACIONADAS

Close
Close