WeCreativez WhatsApp Support
O MAIOR PORTAL DE NOTICIAS DO MARANHÃO
ᴄᴇɴᴛʀᴀʟᴅᴇɴᴏᴛɪᴄɪᴀꜱ.ʀᴀᴅɪᴏ.ʙʀ
DestaquesEducaçãoMaranhão

IFMA oferece mais 2 mil vagas de graduação pelo Sisu

Inscrições podem ser feitas gratuitamente de 21 a 24 de janeiro pelo site do Sisu; Resultado está previsto para ser divulgado até o próximo doa 28 de janeiro.

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) está oferecendo 2.090 vagas disponibilizados em 54 cursos de graduação por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O sistema utiliza a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como critério de seleção. As inscrições podem ser feitas gratuitamente de 21 a 24 de janeiro pelo site do Sisu.

No site do órgão, o candidato pode optar até por dois cursos. O resultado está previsto para ser divulgado até o próximo doa 28 de janeiro e os estudantes que não forem aprovados na primeira chamada poderão se inscrever na lista de espera. Estão sendo ofertados cursos de bacharelado, licenciatura e graduação tecnológica.

Estão oferecendo vagas os campi de Açailândia, Alcântara, Bacabal, Barra do Corda, Barreirinhas, Buriticupu, Caxias, Codó, Coelho Neto, Imperatriz, Pedreiras, Santa Inês, São João dos Patos, São José de Ribamar, São Luís – Centro Histórico, São Luís – Maracanã, São Luís – Monte Castelo, São Raimundo das Mangabeiras, Timon e Zé Doca.

Também estão sendo oferecidas vagas destinadas aos estudantes veiculados ao sistema de cotas. De acordo com a Lei nº 12.711/2012, 50% das vagas de cada curso serão reservadas aos estudantes que tenham cursado integralmente o Ensino Médio em escolas públicas. Além desses 50%, o IFMA também reserva 54 vagas para candidatos com deficiência – independente de escola de origem ou renda familiar.

Deixe Aqui Seu Comentário
Rei dos Reis - Cortina
Etiquetas
Ler Mais

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

RELACIONADAS

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios