WeCreativez WhatsApp Support
O MAIOR PORTAL DE NOTICIAS DO MARANHÃO
ᴄᴇɴᴛʀᴀʟᴅᴇɴᴏᴛɪᴄɪᴀꜱ.ʀᴀᴅɪᴏ.ʙʀ
O FIM DAS DORES - Magnésio Dimalato Magnésio Dimalato
PolicialPrincipais Destaques

Jovens foram perseguidos antes de serem executados no Maranhão; um PM foi preso

Até o momento, doze pessoas já foram ouvidas; jovens foram executados com tiros de pistola .40

Pelo menos doze pessoas já foram ouvidas pela polícia sobre o caso do triplo homicídio de jovens, no bairro do Coquilho, zona rural de São Luis.

Entre os que prestaram depoimento estão um vigilante e um policial militar. De acordo com o delegado Lúcio Rogério Reis, da Superintendência de Homicídios e Proteção a Pessoa (SHPP), os jovens foram perseguidos no interior do condomínio ‘Minha Casa Minha Vida’ pela equipe de vigilância da empresa, que conseguiu cercar eles em uma área de matagal.

O PM Hamilton Caires Linhares foi preso nesta manhã por suspeita de participação no triplo homicídio.

Hamilton Caires Linhares

Os três jovens foram executados com tiros de pistola .40 na região da nuca. O policial militar apresentou uma versão diferente do que a empresa de vigilância do condomínio havia dito e confirmou que ele, mais três policiais e um agente penitenciário faziam parte da equipe de segurança, coordenando as equipes de vigilância.

Os depoimentos das testemunhas afirmam que os jovens estavam indo para uma área de banho próximo ao condomínio, mas ainda não foi comprovado que eles teriam envolvimento com algum delito. A equipe de vigilância do local já vinha tendo uma série de conflitos com os moradores da região, que usavam as dependências do condomínio para ter acesso ao mangue.

Os investigadores aguardam o resultado dos exames clínicos feitos nas vítimas para poder confirmar se os jovens foram torturados antes de serem executados.

Com informações do G1/MA

Deixe Aqui Seu Comentário
Rei dos Reis - Cortina
Tags
Ler Mais

RELACIONADAS

Close
Close

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios