MaranhãoPolicialPrincipais Destaques

Luminol aponta marcas de sangue em roupas de suspeito de feminicídio

A vítima foi morta na última segunda-feira na cidade de Barra do Corda.

A Perícia do Instituto de Criminalística (ICRIM) confirmou nessa quinta-feira (06) a presença de sangue humano em roupas de um homem identificado como José Felipe da Silva Sousa, de 50 anos.

Agora, ele é o principal suspeito de ter assassinado na cidade de Barra do Corda, a 460 quilômetros da capital, com oito golpes de faca, a ex-companheira Dalverlane Viana da Silva, de 33 anos.Ela foi morta na madrugada de segunda-feira (03), quando chegava em casa. Felipe foi preso logo após o crime e teve a prisão preventiva decretada pelo juiz da Segunda Vara desta Comarca.

O delegado regional de Barra do Corda Renilto Ferreira, responsável pela condução das investigações, solicitou ao ICRIM de Imperatriz o envio de equipes para Barra do Corda com o intuito de periciar o local do crime e a casa do suspeito, além das roupas que os policiais teriam apreendido na casa dele, que estavam lavadas e estendidas.

As perícias na casa e nas vestes do suspeito deram positivas para a presença de sangue latente por luminescência (luminol), trabalho feito pelo Laboratório de Análises Forenses.

(Foto: Reprodução)

Dalverlane tinha registrado ocorrência havia poucos dias solicitando medidas protetivas de urgência, pois afirmava que estava sendo perseguida e ameaçada por Felipe, sendo que as medidas foram decretadas pela Vara competente.

Informações do M10

Deixe Aqui Seu Comentário
Tags
Ler Mais

RELACIONADAS

Close
Close