MaranhãoPolicial

Mais de 10 pessoas presas por suspeita de crime eleitoral no Maranhão

Cinco delas foram presas no povoado Crioli do Sinhá, na zona rural do município de Graça Aranha.

Mais de 10 pessoas foram detidas ontem, no Maranhão, por crimes eleitorais. Cinco delas foram presas no povoado Crioli do Sinhá, na zona rural do município de Graça Aranha, de acordo com um balanço divulgado pelo Centro Integrado de Comando e Controle, subordinado ao Ministério da Segurança Pública.

Com o grupo de cinco pessoas, foram apreendidos cerca de R$ 14 mil em espécie, além de material de campanha. De acordo com o coronel Marcos Vinícius, comandante do 24° Batalhão de Infantaria Selva (BIS), a cidade de Graça Aranha não foi contemplada com tropas do Exército Brasileiro, que foram destinadas a 72 dos 217 municípios maranhenses, com o objetivo de manter a segurança da votação e da apuração. “Nas cidades onde as tropas do Exército atuaram, a eleição foi considerada tranquila. Não houve transtornos durante todo o dia. Graça Aranha não foi contemplada com a segurança federal, por meio dos soldados”, acrescentou.

Ao todo, 1.500 mil soldados, inclusive oriundos de tropas do Amapá e Pará, os quais foram enviados para reforço, estiveram mobilizados no estado. Em São Luís e Região Metropolitana (São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa), aproximadamente 160 militares atuaram no pleito, atendendo solicitação da Justiça Eleitoral.

Uma pessoa foi presa em Barra do Corda por suspeita de compra de votos. Em Codó, outras cinco pessoas foram detidas por suspeita de crime eleitoral, nos bairros São Francisco, Nova Jerusalém e Trizidela.

Em São Luis, o vereador Genivaldo Alves foi flagrado comprando votos para o candidato ao Senado, Sarney Filho (PV). O caso ocorreu na manhã desse domingo (07), no bairro Tibiri, na zona rural.

O que são crimes eleitorais?

Crimes eleitorais são todas as ações proibidas por lei praticadas por candidatos e eleitores, em qualquer fase de uma eleição. Desde o alistamento eleitoral até a diplomação dos candidatos, as infrações serão punidas com detenção, reclusão e pagamento de multa, previstas no Código Eleitoral e em outras leis.

Deixe Aqui Seu Comentário
Tags
Ler Mais

RELACIONADAS

Close
Close