GRANDE RIO HONDA
EducaçãoPrincipais Destaques

Maranhão é o 3º estado que mais evoluiu no ensino público, mostra Ideb

O indicador é medido pelo Ministério da Educação e verifica a qualidade das escolas no Brasil.

O Maranhão é o terceiro estado, em todo o Brasil, que mais aumentou a qualidade do Ensino Médio das escolas públicas, levando em consideração as últimas três edições do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

O indicador é medido pelo Ministério da Educação e verifica a qualidade das escolas no Brasil.

Desde 2015, o Ideb do Maranhão não para de subir. Foram três aumentos seguidos: 2015, 2017 e 2019, quando chegou a 3,7: a maior nota da história do estado.

Em 2013, antes do Escola Digna e das mudanças feitas na educação do Maranhão, o Ideb tinha caído. Desde 2015, se recuperou e vem crescendo.

Da avaliação de 2013 até a de 2019, o Maranhão aumentou o Ideb da rede estadual (onde estão quase todas as escolas públicas de Ensino Médio) em 32%.

Apenas Espírito Santo (35%) e Alagoas (38,5%) tiveram desempenho melhor nesse período

Investimentos

Investimentos em infraestrutura, ações para o aprendizado de alunos e valorização de profissionais explicam o resultado do Maranhão no Ideb.

“Nós permanecemos com a trajetória de crescimento no que se refere a esse indicador de qualidade da nossa educação”, afirmou o governador Flávio Dino.

Ele lembrou que o Maranhão também tem a terceira melhor nota em todo o Nordeste.

“Estamos no caminho certo, mantivemos a rede estadual do Maranhão como a terceira melhor do Nordeste, atrás apenas de Pernambuco e Ceará, que já vêm há décadas investindo corretamente na educação pública.”

“Precisamos continuar essa trajetória de investimento, com o Escola Digna, Mais Ideb e Pacto Estadual pela Aprendizagem, abrangendo em regime de cooperação, inclusive, as redes municipais. Juntos, teremos um resultado ainda melhor”, acrescentou.

Deixe Aqui Seu Comentário
Minuto SEBRAE - MA
Etiquetas
Ler Mais

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

RELACIONADAS

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios