GRANDE RIO HONDA
MaranhãoPrincipais Destaques

Maranhão registrou 75 casos de abuso sexual contra crianças e adolescentes em 2020

O estado teve uma alta de 26% no número de casos de violência e abuso sexual a crianças e adolescentes durante o isolamento social.

A Polícia Civil do Maranhão (PC-MA) informou que foram registrados 75 casos de estupro de vulnerável na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA). O estado teve uma alta de 26% no número de casos de violência e abuso sexual a crianças e adolescentes durante o isolamento social. Desde o início de março, mais de 26 mil denúncias de agressões contra vulneráveis foram registrados pelo Disque-100.

Nos primeiros oito meses de 2020, o quantitativo de Boletins de Ocorrência (BO), já somam 500, contra 920 do ano passado. Ocorrências de crime sexual já passam de 114, contra 166 em 2019, de janeiro a dezembro.

De acordo com a Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular, até o mês de julho deste ano, quando os protocolos de isolamento estavam mais rígidos, o Disque Direitos Humanos já havia registrado 86.837 denúncias envolvendo crianças e adolescentes no Maranhão. Desse total, 17.029 eram de violência sexual, correspondendo 19,6% dos casos.

Um dos motivos para esse aumento durante a pandemia pode ser a diminuição das visitas dos conselhos tutelares. Além disso, as tensões acumuladas com temores sobre a pandemia, a intensa convivência familiar, a sobrecarga de tarefas domésticas e o home office ou a falta de emprego podem ter sido agravantes de conflitos em muitos lares.

Segundo a Polícia Civil, 87% dos agressores eram homens e 66% membros da família. A violência mais comum é a doméstica, que inclui espancamentos, castigos corporais e negligência, sendo a maioria das vítimas crianças de até 11 anos.

Deixe Aqui Seu Comentário
Minuto SEBRAE - MA
Etiquetas
Ler Mais

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

RELACIONADAS

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios