WeCreativez WhatsApp Support
O MAIOR PORTAL DE NOTICIAS DO MARANHÃO
ᴄᴇɴᴛʀᴀʟᴅᴇɴᴏᴛɪᴄɪᴀꜱ.ʀᴀᴅɪᴏ.ʙʀ
MaranhãoPrincipais Destaques

Maranhense fugitivo de presídio do Paraguai é recapturado em MS

De acordo com o Departamento de Operações da Fronteira, o homem é do Maranhão.

Um brasileiro fugitivo do presídio de Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha à sul-mato-grossense Ponta Porã, foi recapturado na manhã desta segunda-feira (20), pelo Departamento de Operações da Fronteira (DOF).

De acordo com o DOF, ele tem 30 anos, é de Imperatriz (MA) e cumpria pena no presídio regional por tráfico de drogas há quatro anos.

A prisão foi na região de fronteira com o Paraguai. Durante a abordagem, o suspeito ficou bastante nervoso e confessou que era um dos 76 fugitivos da penitenciária.

Fuga
Do total de fugitivos, 40 são brasileiros e 36 são paraguaios. A fuga foi na madrugada de domingo (19). O Ministério Público informou que vídeos das câmeras de segurança do presídio mostram uma movimentação intensa desde as 4h deste domingo. Para a promotora, é impressionante que os guardas não tenham agido diante das imagens que tinham à disposição.

Ainda no domingo, a ministra da Justiça, Cecilia Perez, afirmou que sua pasta denunciou ao Ministério Público um suposto plano de fuga e pagamento de 80 mil dólares (mais de R$ 330 mil) por parte de integrantes da facção criminosa para os funcionários da prisão regional de Pedro Juan Caballero, de acordo com o jornal “La Nación”.

A Procuradoria do Paraguai pediu a prisão do diretor de presídio regional de Pedro Juan Caballero e de 30 agentes penitenciários por suspeitas de facilitação da fuga.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, afirmou que o governo federal está trabalhando junto com os estados para impedir a entrada no Brasil dos fugitivos.

As informações são do G1

Deixe Aqui Seu Comentário
Rei dos Reis - Cortina
Etiquetas
Ler Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RELACIONADAS

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios