ÁUDIO: Justiça Desportiva vai analisar processo contra atleta do São José

O clube é denunciado pelas equipes do Cordino e Tuntum por ter colocado em campo o lateral Danilo de forma irregular no jogo contra o time de Barra do Corda.

A Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva do Maranhão julgará em primeira instancia dois processos contra a equipe do São José na tarde desta sexta-feira (18). O clube é denunciado pelas equipes do Cordino e Tuntum por ter colocado em campo o lateral Danilo de forma irregular no jogo contra o time de Barra do Corda, partida válida pela segunda rodada do Campeonato Estadual de 2022. 

Ouça a matéria de Jauber Pereira:

O jogo aconteceu  na região Central do Estado e o São José venceu pelo placar de 2x1 com um gol marcado, inclusive pelo próprio atleta. Na ação, os denunciante requerem a perda de  pontos pelo time da fé. Nas últimas semanas, a Federação Maranhense de Futebol emitiu um parecer declarando que o peixe-pedra não teria inferido o artigo 22 do código desportivo como alega as equipes do interior do estado. O presidente do São José,  Marinaldo Frazão diz que a sua equipe está tranquila quanto a esse julgamento. Segundo ele, nesse momento o foco é a partida contra o Sampaio.

Se o São José for condenado perderá 6 pontos e automaticamente, o direito de disputar a semifinal do Campeonato Estadual em jogo que está marcado para acontecer no dia 27 deste mês contra o Sampaio Corrêa. Na terceira posição da competição estadual com 4 pontos conquistados na primeira fase, o time do Tuntum é quem assumiria a posição do peixe-pedra e jogaria a semifinal. O São José terminou a fase de grupos na segunda posição do grupo B com 5 pontos ganhos e, nesse caso, iniciaria o segundo turno com menos um ponto ganho. Já o Cordino seria beneficiado com os 3 pontos que perdeu na partida em questionamento e deixaria a zona de rebaixamento da competição.