Maranhense viraliza nas redes sociais após polêmica envolvendo ex-bbb

Adriana Sant'Anna foi criticada ao reclamar de salário de "house clean" nos EUA

A maranhense Viviane Araújo, que atualmente mora na Pennsylvania, nos Estados Unidos, viralizou nas redes sociais nesta quinta-feira (24), após criticar duramente as falas da ex-BBB Adriana Sant'Anna, sobre o salário de faxineira no país norte-americano. 

Adriana Sant'Anna causou polêmica em seu Instagram, ao reclamar do valor que uma faxineira cobra na Flórida, nos Estados Unidos, onde está morando com o marido, Rodrigão, e os dois filhos. 

A empresária e ex-BBB contou que está procurando uma pessoa que faça tudo, mas que não encontra de jeito nenhum e, por isso, tem que fazer essas tarefas.

"Gente, por favor. Acha alguém pra trabalhar aqui em casa, fazer tudo. Eu imploro, indica alguém aqui dos EUA. A gente paga bem. Eu só preciso que limpe, lave, passe, guarde, cozinhe e olhe as crianças quando eu precisar. Não aguento mais essa vida de ficar colocando coisa pra lavar.  É muito sério isso. Está me tirando o sono, eu tenho rezado, pedido a Deus, para as minhas amigas.  Está todo mundo atrás de alguém pra mim e não tem", desabafou.

Em suas redes sociais, a maranhense Viviane Araújo, que trabalha no setor de "house clean", se mostrou indignada com as declarações da ex-BBB.

"A era da escravidão já acabou! Quer alguém que faça o trabalho, que vc concorda que é pesado e cansativo, e que vc não quer fazer?! Pague o preço justo! Os brasileiros não estão aqui nos 🇺🇸 para serem escravizados não!!", desabafou a influenciadora. 

Adriana rebateu o post de Vivi, dizendo que "em momento algum" havia solicitado uma escrava. 

"Relatei claramente que para o meu estilo de vida não é interessante pagar US$ 25 a hora somente para passar roupa. Até porque o salário que estou oferecendo é de US$ 5.000 para trabalhar de segunda a sexta das 8h às 15h", esclareceu a influenciadora, dizendo que o valor mensal dá mais de US$ 25 a hora", garantiu. 

Comentário de Adriana Sant'Anna - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram