São Luís será a primeira capital do país a imunizar jovens de 18 anos contra a Covid-19

O público de 18 anos ou mais já começa a ser imunizado contra a Covid-19 na capital maranhense na próxima semana. 

A vacinação está avançando rápido em algumas capitais do país. A maior parte das cidades ainda está imunizando a população acima de 50 anos, mas algumas se destacam como São Luís, no Maranhão, onde nesta semana já estão sendo atendidas, com a primeira dose, pessoas entre 24 e 29 anos. Para a próxima semana, o público de 18 anos ou mais já começa a ser imunizado.

O prefeito de São Luis, Eduardo Braide, conta que desde janeiro a cidade se preparou para vacinar um grande fluxo de pessoas, instalando centros específicos de vacina. Mas o grande comprometimento dos profissionais de saúde e ainda o recebimento de doses extras também foram apontados como motivos para adiantar o cronograma. Ele ressalta que até julho, toda a população adulta já deve estar vacinada.

Em Manaus, as doses já chegaram para quem tem a partir de 40 anos. Depois de um final de semana de mutirão de vacinação atingindo mais de 140 mil pessoas na capital, nesta terça-feira (15), a prefeitura retomou a imunização nos pontos de atendimento. Também podem ser vacinados remanescentes de grupos prioritários e o público de segunda dose.

Quem tem 43 anos já pode ser vacinado em Recife, onde já há mais de meio milhão de pessoas vacinadas. E Vitória, no Espírito Santo, já tem vacina disponível para pessoas de 45 anos ou mais.

Apenas duas capitais ainda não saíram dos grupos prioritários. Palmas, no Tocantins, ainda segue vacinando pessoas acima de 60 anos e já abriu também para profissionais da educação. Em Porto Velho, Rondônia, a vacinação segue em pessoas acima de 60 anos e outros públicos prioritários como pessoas com doenças prévias e algumas áreas profissionais, como segurança pública.

Em todo o país, mais de 55 milhões de pessoas já receberam pelo menos a primeira dose da vacina contra a covid-19.

Com informações da Radioagência Nacional