Vale diz que todos os 39 funcionários foram resgatados de mina subterrânea no Canadá

Empregados da mineradora brasileira ficaram presos no domingo, após um acidente que danificou o elevador de transporte da mina subterrânea em Sudbury, Ontário, que produz níquel.

A Vale anunciou na manhã desta quarta-feira (29) que todos os 39 funcionários que ficaram presos na mina subterrânea Totten, no Canadá, foram resgatados e estão em superfície.

"O resgate foi concluído de forma segura e todos passam bem", informou a empresa, em comunicado.

Os 39 empregados ficaram presos no domingo (26), após um acidente que danificou o elevador que transporta os funcionários para dentro e para fora da mina subterrânea, que produz níquel.

No momento do acidente, os trabalhadores estavam a uma profundidade entre 900 e 1,2 mil metros. Eles precisaram sair da mina por meio de um sistema de escada de saída secundária.

Nenhum dos mineiros que ficaram presos é brasileiro.

"Gostaria de parabenizar nossa equipe de resgate", disse o presidente da Vale, Eduardo Bartolomeo, que foi a Sudbury, em Ontário, e encontrou com os empregados e a equipe de resgate. “Esta é uma grande notícia vinda de circunstâncias muito difíceis”, acrescentou.

Investigação
A mineradora brasileira afirmou que vai fazer uma investigação, "para que a empresa possa aprender com o incidente e tomar medidas para garantir que isso nunca aconteça novamente".

"Trazer nossos 39 empregados seguros e saudáveis para casa era nossa principal prioridade e estamos felizes que nosso plano de emergência funcionou", disse Bartolomeo. "Todos estão seguros agora".

A produção na mina está temporariamente suspensa.