WhatsApp anuncia fim de compatibilidade com alguns sistemas operacionais

O app divulgou uma lista dos celulares com versões de softwares antigos que não serão mais aceitas; confira.

O WhatsApp informou que a partir de 1° de novembro irá parar de funcionar em alguns aparelhos Android e iOS que não terão mais compatibilidade com o mensageiro. O app divulgou uma lista dos celulares com versões de softwares antigos que não serão mais aceitas.

Segundo o informe, divulgado pelo Poder360, smartphones com sistema operacional iOS 9 ou inferior e Android 4.0.4 ou anteriores ficarão incompatíveis com o aplicativo.

Quais celulares não serão mais compatíveis com o WhatsApp?

LG: LG Lucid 2, Optimus F7, Optimus F5, Optimus L3 II Dual, Optimus F5, Optimus L5, Optimus L5 II, Optimus L5 Dual, Optimus L3 II, Optimus L7, Optimus L7 II Dual, Optimus L7 II, Optimus F6, Enact , Optimus L4 II Dual, Optimus F3, Optimus L4 II, Optimus L2 II, Optimus Nitro HD e 4X HD, e Optimus F3Q.
Samsung: Galaxy Trend Lite, Galaxy Trend II, Galaxy SII, Galaxy S3 mini, Galaxy Xcover 2, Galaxy Core and Galaxy Ace 2;
Huawei: Ascend G740, Ascend Mate, Ascend D Quad XL, Ascend D1 Quad XL, Ascend P1 S, e Ascend D2;
Sony: Xperia Miro, Sony Xperia Neo L, Xperia Arc S;
ZTE: Grand S Flex, ZTE V956, Grand X Quad V987 e Grand Memo;
Outras marcas: Alcatel One Touch Evo 7, Archos 53 Platinum, HTC Desire 500, Caterpillar Cat B15, Wiko Cink Five, Wiko Darknight, Lenovo A820, UMi X2, Faea F1 e THL W8.

A empresa também recomendou o uso dos seguintes sistemas operacionais:

- Aparelhos com sistema operacional Android 4.1 e posterior;
- iPhones com iOS 10 e posterior;
- Alguns aparelhos com KaiOS 2.5.1 e versões posteriores, incluindo JioPhone e JioPhone 2.

Transferências de histórico apenas de iPhone para Android

O WhatsApp divulgou nesta semana que começou a liberar uma ferramenta para que o histórico de conversas armazenado no iPhone seja migrado para o Android. A novidade é muito importante para a plataforma de mensagens mais popular no Brasil, mas chega com limitações e, por ora, só serve para quem está trocando o iPhone por um Android.