Will Smith se pronuncia após agressão a Chris Rock: "Inaceitável"

Ator pediu desculpas publicamente ao comediante

Will Smith se pronunciou nas redes sociais pela primeira vez na tarde desta segunda-feira (28) sobre ter agredido o colega Chris Rock ao vivo durante a cerimônia do Oscar na noite do último domingo (27).

"Violência em todas as suas formas é venenoso e destrutivo. Meu comportamento na premiação na última noite foi inaceitável e sem desculpas. Piadas sobre mim são parte do meu trabalho, mas uma piada sobre a condição médica de Jada foi demais para eu aguentar e reagi de forma emotiva", começou em um post em suas redes sociais.

A comoção se deu após Chris fazer um comentário dizendo que Jada Pinkett Smith, mulher de Will, poderia fazer uma sequência do filme G.I. Jane, estrelado por Demi Moore, que raspou a cabeça para o personagem. Jada está careca por ter alopécia, uma doença autoimune que faz a pessoa perder todos os pelos do corpo, uma condição que ela já mencionou ter afetado profundamente sua vida em diversas ocasiões.

Logo após a piada, Will subiu o palco e deu um tapa no rosto de Chris. Ao voltar para seu ligar, ele gritou diversas vezes: "Tire o nome da minha mulher da p*rra da sua boca".

Smith continuou seu pronunciamento se direcionando ao humorista: "Eu gostaria de me desculpar publicamente com você, Chris. Eu estava fora de mim e estava errado. Estou envergonhado e minhas ações não definem o homem que quero ser. Não há lugar para violência em um mundo de amor e bondade".

Ele finalizou: "Eu também gostaria de pedir desculpas à Academia, prdoutores do show, todos os convidados e telespectadores ao redor do mundo. Gostaria de pedir desculpas à família Williams e à minha família de 'King Richard'. Eu me arrependo profundamente que meu comportamento tenha manchado o que vinha sendo uma jornada linda para todos nós. Eu sou uma obra em construção."

*Com informações de Quem