GRANDE RIO HONDA
DestaquesMundo

Morre o guitarrista Eddie Van Halen, o último ‘guitar hero’ da música

Músico lutava contra um câncer na garganta há cinco anos

O rock ficou mais pobre nesta terça-feira (06). Morreu, aos 65 anos, o guitarrista Eddie Van Halen, considerado o último ‘guitar hero’ da história da música. Ele já batalhava contra um de câncer de garganta.

O músico revelou, em outubro do ano passado, que enfrentava a doença nos últimos cinco anos, tendo feito seu tratamento na Alemanha.

Ainda nos anos 2000, Eddie Van Halen também sofreu de um câncer na língua. A recuperação, até então, vinha mostrando um bom resultado.

A confirmação da morte foi publicada na página de Wolfgang Van Halen, filho de Eddie e atual baixista da banda. “Não acredito que tenho de escrever isso, mas meu pai, Edward Lodewijk Van Halen, perdeu sua longa e árdua batalha contra o câncer esta manhã. Ele era o melhor pai que eu poderia ter pedido”, escreveu.

Eddie foi o responsável por influenciar praticamente todos os guitarristas do rock que começaram depois dele. Segundo o site TMZ, Van Halen estava internado no Hospital St. John, em Santa Monica, nos Estados Unidos. O câncer dele se transferiu para o cérebro e para outros órgãos, o que complicou o quadro de saúde.

HISTÓRIA

Edward Lodewijk Van Halen era holandês, nascido em 26 de janeiro, em Amsterdã, mas mudou-se, com a família, para os Estados Unidos ainda criança. No país, ele fundou o Van Halen, em 1972, justamente com seu irmão, Alex. Na sequência, eles recrutaram o vocalista David Lee Roth e o baixista Michael Anthony.

Logo em seu primeiro disco, em 1978, batizado com o nome da banda, eles alcançaram o sucesso nos Estados Unidos, com 56 milhões e meio de cópias vendidas, em um disco recheado de hits, como Runnin’ with the Devil, You Really Got Me, uma versão dos Kinks, Ain’t Talkin’ ‘Bout Love, entre outras, além de Eruption, um solo de Eddie, considerado um dos maiores da história.

O Van Halen é uma das cinco bandas de rock que teve dois de seus discos certificados com o Disco de Diamante nos Estados Unidos, os discos Van Halen e 1984.

David Lee Roth, com seu temperamento complicado, deixou a bandaem 1985, após desentendimento com Eddie. Sammy Hagar foi recrutado para o posto, e permaneceu até 1996, lançando quatro discos. com sua saída, Gary Cherone, ex-Extreme, assume o microfone. Em 1998, com ele no vocal, eles lançam Van Halen III, que tem o single ‘Without You’, mas é um fracasso de vendas e crítica.

Em 2004, com a volta de Sammy Hagar, o Van Halen grava três faixas novas para a coletânea The Best of Both Worlds. Eles fazem uma turnê nos Estados Unidos, e na sequência, o baixista Michael Anthony definitvamente deixa a banda, assim como Hagar.

Em 2006 eles voltam a tocar juntos, com Wolfgan, filho de Eddie, no baixo, e David Lee Roth no vocal. O grupo estava parado desde 2015, com o lançamento de Tokyo Dome Live in Concert, primeiro disco ao vivo com a presença de Roth.

Deixe Aqui Seu Comentário
Minuto SEBRAE - MA
Etiquetas
Ler Mais

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

RELACIONADAS

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios