CidadesPrincipais Destaques

Motoristas de aplicativo fazem carreata após morte de colega de profissão

Edmilson Pimenta Azevedo, de 54 anos, foi assassinado na noite de domingo (6) após realizar uma corrida no bairro Liberdade.

Em São Luis, motoristas do aplicativo Uber realizaram, na tarde desta segunda-feira (7), uma carreata como forma de protesto pela morte de Edmilson Pimenta Azevedo, de 54 anos, na noite de domingo (6) após realizar uma corrida no bairro Liberdade.

Carreata de motoristas Uber, em São Luis. Foto: Reprodução

Cerca de 800 motoristas participaram da carreata que saiu do bairro Cohatrac até o local do velório, que aconteceu no cemitério do bairro São Cristóvão.

Sepultamento do motorista Edmilson Azevedo. Foto: Reprodução

Segundo os motoristas do aplicativo, esse é o terceiro assassinato de motoristas de aplicativos na região metropolitana de São Luís em pouco mais de um mês. Em dezembro, outros dois casos teriam ocorrido nos bairros Maracanã e Coroadinho.

Morte de Edmilson
Segundo a polícia, Edmilson foi assassinado na noite de domingo (6), no bairro Liberdade, após deixar uma passageira. Ele estava atravessando a Avenida Luiz Rocha quando foi atingido por disparos de arma de fogo na região das costas.

De acordo com a polícia, o motorista ainda tentou sair do local dirigindo por alguns metros, mas acabou batendo em um canteiro central, onde havia uma árvore. Ele chegou a ser socorrido, mas acabou morrendo.

Deixe Aqui Seu Comentário
Tags
Ler Mais

RELACIONADAS

Close
Close