WeCreativez WhatsApp Support
O MAIOR PORTAL DE NOTICIAS DO MARANHÃO
ᴄᴇɴᴛʀᴀʟᴅᴇɴᴏᴛɪᴄɪᴀꜱ.ʀᴀᴅɪᴏ.ʙʀ
CoronavírusMaranhãoPrincipais Destaques

No Maranhão, equipes trabalham dia e noite para concluir leitos para pacientes de coronavírus

A previsão é que as novas alas estejam prontas para uso em 15 dias.

Entre o conjunto de medidas adotadas pelo Governo do Maranhão para prevenir e combater o novo coronavírus (Covid-19), está o aumento de leitos de UTI e de enfermaria na rede estadual para atender os pacientes da doença em caso grave. Com equipe trabalhando diuturnamente na construção, a previsão é que as novas alas estejam prontas para uso em 15 dias.

“Prosseguem, em 3 turnos, 7 dias por semana, as obras que estamos executando para termos leitos exclusivos e isolados para casos de coronavírus. Também estamos ampliando leitos de UTI”, anunciou o governador do maranhão, Flávio Dino, pelas redes sociais.

O Hospital Genésio Rêgo, na Avenida dos Franceses, na capital, está sendo reformado e ampliado para receber pacientes. Serão 50 novos leitos de enfermaria. A obra está sendo realizada pela Secretaria de Governo, sob o comando do secretário Diego Galdino. Segundo o secretário, os possíveis pacientes poderão ser atendidos já em abril.

Já no Hospital Carlos Macieira, as obras seguem em ritmo acelerado para finalizar novos leitos de UTI e área de isolamento para os casos graves da doença.

Todos os leitos emergenciais da rede estadual criados para o tratamento do coronavírus serão incorporados depois à rede de saúde.

O Ministério da Saúde publicou no Diário Oficial desta segunda-feira (16) portaria sobre o envio de recursos para o combate ao coronavírus nos Estados. No caso do Maranhão, o valor é de R$ 14,2 milhões, que serão usados no custeio de leitos e equipes extras.

Deixe Aqui Seu Comentário
Rei dos Reis - Cortina
Etiquetas
Ler Mais

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

RELACIONADAS

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios