CidadesMaranhãoPrincipais Destaques

Operação da Polícia Civil reforça policiamento na Vila Conceição contra facções

Confronto com a polícia deixou oito mortos

Teresa Cristina

A Polícia Civil prossegue as investigações do caso ocorrido na Vila Conceição, Altos do Calhau, dando continuidade à operação contra o tráfico de drogas na área. Deflagrada na tarde de quinta-feira (24), a ação resultou na morte de oito criminosos que entraram em confronto com a polícia. Na ocasião, foram apreendidas armas de fogo de diversos calibres, drogas, aparelhos celulares e tablets que estavam com os suspeitos. A operação é fruto de investigação da Superintendência Estadual de Investigação Criminal (Seic), da Polícia Civil.

Confronto com a polícia deixa oito mortos em São Luís

“A polícia se antecipou aos criminosos e evitou que moradores fossem alvo desta briga de facções. Por conta do confrontamento dos suspeitos com o efetivo policial, houve casos de morte. Mas, a operação continua para que os demais membros destes grupos sejam tirados de circulação e moradores possam ter tranquilidade e segurança”, pontua o titular da Seic, delegado Carlos Alessandro Rodrigues. O delegado enfatiza que a área é um ponto das quadrilhas de tráfico e onde há disputas das facções, mas, com a permanência policial nesta operação a ação criminosa será freada.

A investigação prossegue para captura de integrantes do grupo que conseguiram fugir durante o cerco policial, entre eles, o que seria o líder de uma das facções, identificado como Wadson da Silva Araújo, 39 anos, o ‘Tanaka’.

“Temos informações do paradeiro de alguns destes suspeitos, que podem ser presos brevemente”, pontua o titular da Senarc, delegado Breno Galdino.

Identificados suspeitos mortos em confronto com a polícia em São Luis

Os bandidos não resistiram e morreram no Socorrão I. (Foto: Divulgação)

O Departamento de Combate ao Crime Organizado (DCCO), que integra a Superintendência Estadual de Investigação Criminal (Seic); as superintendências de Polícia Civil da Capital (SPCC), do Interior (SPCI) e de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), também participam da investigação. “Operações de combate ao tráfico de drogas são regulares e sempre intensificadas a cada nova identificação de movimento da criminalidade”, reforça o titular da Seic, delegado Carlos Alessandro Rodrigues.

A área está sendo monitorada por equipes do Batalhão de Choque da Polícia Militar, que se fixaram no ponto onde houve confronto e também no entono, para evitar avanço dos traficantes, brigas de facções e garantir a proteção dos moradores. A operação foi montada após investigação policial dando conta de encontro entre facções rivais da Ilhinha e da Vila Conceição que estariam em horário marcado no local, para ataque mútuo. O trabalho na área tem apoio ainda do Centro Tático Aéreo (CTA) e Grupo de Resposta Tática (GRT).

Os mortos foram identificados como Herbeson Rodrigues, 20 anos; Wallace Guimarães Rodrigues, o HP, 26; Rafael da Silva Pinto, ‘Pipoquinha’, 30; Carlos Alberto da Silva Campos, 18; Adeilton Rodrigues da Silva, o ‘Junior Matador’ ou ‘Gordo’, 33; Jociel Borges Amorim, 35; Yanderson Zidane Rodrigues; e Rafael Mendonça Costa, o ‘Niquito’, 30 anos.

Com os suspeitos, a polícia apreendeu cinco aparelhos celular; um tablet; uma balança de precisão; 65 munições intactas de armas calibre 38, .40 e rifle; dois carregadores de revólver; e cinco armas de fogo de calibres 38, 40, 44 e .40. – incluindo um rifle. “A Polícia Militar está instalada no local e mantém a guarda para que os criminosos não retornem e não façam desta localidade um espaço de guerra”, pontuou o comandante-geral da Polícia Militar do Maranhão, coronel Jorge Luongo.

Deixe Aqui Seu Comentário
Tags
Ler Mais

RELACIONADAS

Close
Close