Cidades

Pastor acusado de matar professor senta no banco dos réus

O professor foi assassinado a facadas, em 2016.

O pastor evangélico Roberval Serejo, acusado de ter assassinado o professor Raimundo da Conceição Silva, sentou no banco dos réus nesta quarta-feira (17), no auditório da OAB.

O professor foi morto a facadas no dia 31 de dezembro de 2016, próximo ao condomínio residencial Cinco Estrelas, em Imperatriz. O corpo dele foi encontrado no interior do próprio carro, em um terreno baldio no loteamento Cinco Irmãos, periferia de Imperatriz. Imagens de câmeras de segurança ajudaram a polícia a elucidar o crime.

O pastor trabalhava na Igreja Batista da Vila Redenção, e a motivação do crime, segundo as investigações, é que o professor havia descoberto que o pastor estava tendo um caso com a mulher dele, Rosa Santana. O professor teria ameaçado contar ao Conselho da Igreja sobre o caso.

Rosa Santana chegou a ser presa suspeita de envolvimento no crime, mas foi colocada em liberdade.

O Ministério Público, por meio do titular da 8ª Promotoria Criminal, Carlos Róstão, pede a condenação do pastor por homicídio qualificado.

Deixe Aqui Seu Comentário
Tags
Ler Mais

RELACIONADAS

Close
Close