Policial

PCC planeja atacar fóruns de todo o país em busca de armas, revela Jornal

Policiais de SP detectaram plano de facção a partir de grampos telefônicos

A Polícia Civil de São Paulo tem indícios de que membros do Primeiro Comando da Capital (PCC) estejam planejando atacar fóruns de todo o país em busca de armas apreendidas pela Justiça. A suspeita, divulgada nesta quinta-feira (26) pelo jornal Folha de S.Paulo, tem base em interceptações telefônica realizadas entre integrantes da facção.

De acordo com a publicação, as ligações apontam que  criminosos mencionam que líderes do grupo teriam dado ordens para um levantamento nos fóruns em todo o Brasil. O objetivo é descobrir em quais prédios há “ferramentas” (maneira como os bandidos chamam as armas).

A diretriz teria sido dada a partir de Presidente Venceslau, no interior de São Paulo, onde está presa a cúpula do PCC. Entre os condenados que cumprem pena na cidade está Marco Camacho, o Marcola, tido pela polícia e pela Promotoria como o principal mentor do grupo.

Conforme a reportagem, a determinação é que subalternos coletem dados sobre os prédios públicos e seus endereços, além de fazer fotos que possam ajudar nas investidas. Como o PCC está em conflito com grupos como o CV (Comando Vermelho), a suspeita é de que o armamento seria usado para combater os rivais.

Além de promover atos de estrema violência contra desafetos de fora da organização, existe também uma guerra interna por disputa de poder. Confira nesse vídeo o momento em que um suposto indegrante do grupo é executado  com mais de 70 tiros:

 

 

Deixe Aqui Seu Comentário
Tags
Ler Mais

RELACIONADAS

Close
Close