PolicialPrincipais Destaques

Polícia indicia sargento do Corpo de Bombeiros que atirou contra vizinhos em São Luís

Um dos vizinhos, que sofria de problemas mentais, morreu na hora.

A Polícia indiciou por homicídio qualificado e tentativa de homicídio o sargento do Corpo de Bombeiros do Maranhão que atirou contra dois vizinhos no bairro Ivar Saldanha, em São Luis. Um dos vizinhos, que sofria de problemas mentais, morreu na hora.

O inquérito concluiu que Gedson Raimundo de Araújo Diniz agiu com excesso ao atirar várias vezes contra os vizinhos. Carlos Magno Pereira, de 47 anos, que tinha problemas mentais, foi atingido com um tiro no peito e não resistiu. O irmão dele, Paulo Magno, levou um tiro na perna e foi levado ao hospital.

O crime ocorreu no dia 31 de agosto. No mesmo dia, o soldado tinha ido à Delegacia formalizar uma denúncia contra os vizinhos. O sargento teria denunciado que seus vizinhos estavam ligando para o Ciops dizendo que o carro dele estaria sendo usado para praticar assaltos na cidade. Os vizinhos foram notificado e deu início a confusão.

O sargento chegou a ficar foragido após cometer o crime, mas se apresentou na delegacia um tempo depois. Ele foi liberado em seguida e permanece em liberdade.

Deixe Aqui Seu Comentário
Tags
Ler Mais

RELACIONADAS

Close
Close