PolicialPrincipais Destaques

Policial é preso por suspeita de proteger grupo de criminosos em São Luís

O sargento identificado como 'Moraes' e outras cinco pessoas foram presas por associação criminosa ao guardar arsenal de arma de fogo em uma casa no Turu.

O sargento da Polícia Militar identificado como ‘Moraes’ e outras cinco pessoas foram presas nesse sábado (26) por associação criminosa. O policial é suspeito de dar proteção a um grupo, que escondia um arsenal de armas de fogo em uma casa na região do bairro do Turu, em São Luís.

Na residência, a polícia encontrou três espingardas, cinco pistolas e munição. A polícia informou que os cinco integrantes do grupo são da Bahia e dois deles têm antecedentes criminais por sequestro e homicídio.

“É um grupo de ciganos da Bahia. Uma família de latifundiários que tem uma guerra com outro grupo de ciganos. Inclusive, já morreram familiares de ambos os lados. Eles fugiram de lá para o Tocantins e posteriormente aqui para o Maranhão. Aqui eles reuniram todo esse arsenal e nós acreditamos que eles queriam ir novamente contra o outro grupo para dar continuidade ao sistema de vingança, no qual uma família vai matando membros da outra”, declarou o delegado Armando Pacheco, superintendente de Polícia Civil do Interior.

Os presos irão responder por formação de quadrilha e porte ilegal de arma. O policial ‘Moraes’ foi encaminhado ao Comando Geral da Polícia Militar e os outros presos foram para o Complexo de Pedrinhas.

 

Com informações do G1/MA

Deixe Aqui Seu Comentário
Tags
Ler Mais

RELACIONADAS

Close
Close