Maranhão

Projeto da Eneva tem êxito com atuação do Senar na comunidade Nova Demanda

Desde que foram realocados (ano passado), vinte e oito cursos de qualificação profissional foram promovidos no período de 18 meses

O Senar acaba de finalizar o trabalho de assistência técnica e gerencial, prestado à Eneva, promovido na comunidade Nova Demanda, em São Antônio dos Lopes. O projeto se desenvolveu na localidade por dezoito meses, quando foram capacitados cerca de 65 pessoas nas áreas de abrangência dos cursos de Olericultura Básica, Avicultura Básica, Operador de Tratores e Implementos Agrícolas, Piscicultura, Suinocultura e outros.

Além de garantir assistência por meio do engenheiro agrônomo Jorge Sousa de Jesus, que acompanhou de perto o empreendimento em todos os segmentos, o Senar qualificou ainda os pequenos produtores rurais daquela localidade.

As ações integram a parceria firmada entre o Senar e a Eneva, empresa responsável pela relocação dos moradores e reimplantação de suas atividades rurais. Todo o trabalho empreendido, teve foco na lucratividade e sustentabilidade, de forma a garantir a manutenção das despesas familiares.

Desde que foram realocados (ano passado), vinte e oito cursos de qualificação profissional foram promovidos no período de 18 meses. O trabalho desenvolvido pelo Senar teve como foco apoiar a aptidão dos moradores e no desenvolvimento de melhoramentos técnicos nos níveis da produção e rendimento de cada exploração, em busca de atendimento ao mercado.

Certificados

Juntos, Senar e Eneva, reuniram os pequenos produtores rurais para celebrar as conquistas provenientes do gerenciamento feito por meio da ATEG e na ocasião foram entregues os certificados de conclusão dos cursos a cada participante do processo. Ainda na ocasião, foi realizada visitas aos produtores que mais se destacaram durante a execução do projeto.

“Desde pequeno sinto prazer em trabalhar no campo. É dele que tiro o meu sustento”. Com esta declaração, o produtor rural, Edcarlos Marinho, de 20 anos de idade, atendido pelo Senar, aprovou a assistência técnica realizada na comunidade.

Com perfil empreendedor, Marinho desenvolve as suas atividades próximo de casa e comercializa seus produtos nas feiras do município de Capinzal do Norte e na sede de Santo Antônio dos Lopes. “O trabalho do Senar me fortaleceu e me deu ânimo para continuar o meu projeto que é investir ainda mais no setor rural”, disse ele, apaixonado pelo que faz.

Para o gerente de ATeG do Senar, Epitácio Rocha, a parceria Senar e Eneva foi um grande desafio. A princípio, para o Senar atender a contento os agricultores que atuam em regime de subsistência, mudando paradigmas, ideias, costumes e aspirações, uma vez que a equipe está habituada a fazer assistência técnica e gerencial com produtores, voltados para a competitividade do mercado..

“Começar o sistema de produção a partir do zero, foi considerado para nós um desafio. Mas as capacitações ocorreram normalmente porque o Senar tem essa expertise há mais de 25 anos, e ao final desses dezoito meses, observamos que realmente tivemos resultados bastante positivo”, ressaltou Rocha.

Conforme o Superintendente do Senar Luiz Figueirêdo, o maior crédito deve ser dado ao nosso técnico de campo Jorge de Jesus, que com todo seu esforço e conhecimento técnico foi capaz de modificar todo um perfil produtivo da comunidade, estimulando-a a novos desafios e levando o trabalho para que se pudesse alcançar os frutos esperados pelo Senar e Eneva. “Todos os entes envolvidos nesse trabalho estão de parabéns”, ressaltou.

Sandro Moreth da Eneva avalia positivamente a parceria e destaca as capacitações ministradas pelo Senar, assim como o acompanhamento pelo técnico na comunidade.

“Após a mudança para a nova área, renovamos a parceria com o Senar que passou a ministrar diversos cursos de capacitação com foco na vocação de cada um. Hoje a gente vê os frutos deste trabalho. Agora é comercializar os produtos que estão sendo explorados e conseguir uma fonte de renda melhor”, disse Moreth.

Pequeno produtor rural de Nova Demanda exibe frutos da sua propriedade.

Os gestores do Senar e da Eneva, com a mais antiga moradora da comunidade, participante ativa do programa

Deixe Aqui Seu Comentário
Tags
Ler Mais

RELACIONADAS

Close
Close