WeCreativez WhatsApp Support
O MAIOR PORTAL DE NOTICIAS DO MARANHÃO
ᴄᴇɴᴛʀᴀʟᴅᴇɴᴏᴛɪᴄɪᴀꜱ.ʀᴀᴅɪᴏ.ʙʀ
BrasilDestaques

Quase um ano após fogo, Museu Nacional apresenta trabalho de reconstrução no RJ

Reitoria da UFRJ pretende reabrir parte do Museu Nacional em 2022.

A direção do Museu Nacional espera reabrir parte do prédio em 2022, para a comemoração do bicentenário da Independência do Brasil. A expectativa é que as obras de reconstrução da fachada do prédio histórico comece ainda em setembro.

As informações foram apresentadas na manhã desta quarta-feira (28) pela reitoria da Universidade Federal do Rio de janeiro (UFRJ) e pela direção do Museu Nacional. Os dois órgãos detalharam o processo de reconstrução do acervo que pegou fogo no dia 2 de setembro de 2018.

O Ministério da Educação destinou R$ 11 milhões ao Museu Nacional. Desse total, R$ 8,9 milhões foram utilizados nas obras de emergência para a recuperação do prédio – escoramento de paredes, cobertura provisória e instalação de contêineres utilizados no armazenamento de peças resgatadas.

Outros R$ 908,8 mil serão utilizados na elaboração de projeto de reconstrução da fachada e do telhado definitivo.

Além disso, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) vai gerir mais R$ 5 milhões – essa verba será utilizada na elaboração de dois projetos: um para a reconstrução interna do palácio e outro para novas exposições.

A diferença de R$ 1,1 milhão será utilizada na compra de mais contêineres.

Recentemente, a Unesco lançou edital para a contratação de empresa especializada para elaborar o novo projeto de reconstrução.

A empresa vencedora do projeto deverá iniciar os trabalho ainda em setembro e o período de execução será de 70 dias.

Outras etapas estão programadas, com a contratação dos projetos de Museologia e Museografia e a elaboração de projetos básicos para restauração e reforma de elementos integrantes do palácio, como os Jardins das Princesas, o terraço e o Anexo Alípio Miranda.

Outros R$ 10 milhões, repassados pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, serão aplicados na compra de equipamentos para pesquisa científica em ações de infraestrutura.

A reitora da UFRJ, Denise Pires de Carvalho, e o diretor do museu, Alexander Kellner, falaram sobre as doações recebidas pela instituição no último ano, sobre as obras realizadas e também sobre o conceito do novo Museu Nacional que será construído.

Até o momento, a administração do museu conta com R$ 68 milhões para fazer as obras.

Deixe Aqui Seu Comentário
Rei dos Reis - Cortina
Etiquetas
Ler Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RELACIONADAS

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios