Cidades

Rodoviários de São Luis paralisam as atividades nesta terça

A motivação é o não cumprimento do acordo firmado em dezembro do ano passado no TRT-MA.

Motoristas e cobradores de ônibus do sistema de transporte público de São Luis cruzam os braços nesta terça-feira (26). Desde as primeiras horas desta manhã, os trabalhadores das cinco maiores empresas  (Taguatur, Primor, 1001, Maranhense e Ratrans) que operam na capital se mobilizam nas garagens. Essas empresas atendem cerca de 70% da população que utiliza os ônibus.

A motivação é o não cumprimento do acordo firmado em dezembro do ano passado no TRT-MA e pelas inúmeras tentativas sem sucesso, em resolver a situação por meio do diálogo junto aos patrões, Prefeitura e o Poder Judiciário.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Maranhão (Sttrema), a categoria reivindica o cumprimento do acordo assinado na Justiça que visa os reajustes de 7% no reajuste do salário e também no ticket alimentação, a manutenção do plano de saúde e odontológico, a manutenção de outras cláusulas de 2018 como o atestado médico, fardamento, carga horária e as condições de trabalho.

De acordo com o Sttrema, a greve vai continuar até as empresas cumpram as exigências dos rodoviários no que diz respeito ao cumprimento do acordo.

Deixe Aqui Seu Comentário
Tags
Ler Mais

RELACIONADAS

Close
Close