GRANDE RIO HONDA
DestaquesTecnologia

Saiba por que a França será o único país onde o iPhone 12 terá fones

Decisão pode estar ligada às leis de radiação do país. Adaptador de tomada não será incluso na embalagem.

A França será o único país do mundo onde o iPhone 12 será comercializado com fones de ouvido na caixa. O acessório aparece listado entre os conteúdos da embalagem no site da Apple, mesmo após a confirmação de que ele não seria mais enviado junto com os novos smartphones.

A empresa não se manifestou oficialmente sobre o motivo, mas, de acordo com o portal MacRumors, a decisão pode estar ligada à lei francesa que obriga as fabricantes a oferecer um kit viva-voz para proteger crianças de menos de 14 anos de danos causados por ondas eletromagnéticas.

A legislação se baseia no princípio da precaução, uma vez que a exposição do cérebro em desenvolvimento a ondas eletromagnéticas gera riscos à saúde. O descumprimento da lei poderia custar à empresa multa de 75.000 euros, cerca de R$ 495.345 em conversão direta.

Durante o evento de lançamento da nova geração dos smartphones da maçã, ocorrido na última terça-feira (13), a Apple explicou a decisão de tirar os fone de ouvido e adaptadores de tomada das embalagens da linha completa do iPhone 12 – inclusive iPhone 12 Mini, iPhone 12 Pro e iPhone 12 Pro Max. De acordo com a fabricante, a medida faz parte dos esforços para a preservação do meio ambiente, uma vez que diminui a emissão de carbono, além de evitar a mineração e o uso de materiais preciosos.

“O resultado é uma embalagem menor e mais leve, permitindo 70% mais caixas em cada palete. Todas essas mudanças reduzirão dois milhões de toneladas de emissões de carbono por ano, o que equivale a remover cerca de 450.000 veículos das estradas a cada ano,” justificou a empresa.

Deixe Aqui Seu Comentário
Minuto SEBRAE - MA
Etiquetas
Ler Mais

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

RELACIONADAS

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios