WeCreativez WhatsApp Support
O MAIOR PORTAL DE NOTICIAS DO MARANHÃO
ᴄᴇɴᴛʀᴀʟᴅᴇɴᴏᴛɪᴄɪᴀꜱ.ʀᴀᴅɪᴏ.ʙʀ
MaranhãoPrincipais Destaques

Sobe para 36 o número de pontos da orla afetados por óleo no MA

No Brasil, 997 localidades e 11 estados foram atingidos.

Apesar dos esforços da Marinha e outros órgãos para conter o avanço das manchas de óleo no litoral nordestino e parte da costa sudeste (Rio de Janeiro e Espírito Santo), a poluição está ganhando novas proporções. No Brasil, 997 localidades e 11 estados foram atingidos. No que diz respeito ao Maranhão, subiu para 36 o número de pontos afetados pela substância tóxica, como mostra o mais recente relatório do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Até o momento, a origem do derramamento continua sendo um mistério, embora existam várias hipóteses.

Segundo o Ibama, dentre as 36 ocorrências de manchas no litoral maranhense, 13 estão classificadas como “Não observado na última revisita”. Isso significa que, embora o material oleoso não seja detectado em uma inspeção, que pode ser aérea ou marítima, a substância pode retornar ao trecho devido ao movimento da maré. Outras 22 foram colocadas na categoria “Oleada (Vestígios/Esparsos)”. E apenas uma foi citada como “Oleada (Manchas)”, que é o nível mais avançado de poluição.

O relatório do Ibama aponta que, entre os pontos atingidos pela substância tóxica na costa maranhense, estão a Litorânea, em São Luis; Praia de Itatinga, em Alcântara; Praia da Travosa, em Santo Amaro do Maranhão, e Ilha dos Poldros, em Araioses, na região do Delta do Parnaíba, na divisa com o Piauí.

Deixe Aqui Seu Comentário
Rei dos Reis - Cortina
Etiquetas
Ler Mais

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

RELACIONADAS

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios