WeCreativez WhatsApp Support
O MAIOR PORTAL DE NOTICIAS DO MARANHÃO
ᴄᴇɴᴛʀᴀʟᴅᴇɴᴏᴛɪᴄɪᴀꜱ.ʀᴀᴅɪᴏ.ʙʀ
O FIM DAS DORES - Magnésio Dimalato Magnésio Dimalato
PolicialPrincipais Destaques

Suspeito de ser mandante de chacina em Coelho Neto é transferido para São Luís

Segundo a polícia, o crime foi cometido por vingança e estaria sendo planejada há anos.

O suspeito de ser o mandante da chacina que resultou na morte de quatro pessoas em Coelho Neto, foi transferido para São Luís nessa segunda-feira (17). Antônio Carlos Sobral da Rocha, o ‘Didoca’, foi preso enquanto tentava fugir do município de Vitória do Mearim para Imperatriz, no sul do estado.

Carro onde estavam as vítimas em Coelho Neto (MA)

O suspeito foi localizado após a Polícia Civil receber uma informação de que ele estava fugindo para Imperatriz. Uma barreira policial foi montada entre os municípios de Vitória do Mearim e Santa Inês, e após algumas abordagens, ele foi reconhecido e preso pela polícia.

Segundo a polícia, o crime foi cometido por vingança e estaria sendo planejada há anos. As investigações apontam que membros da família rival e que foi vítima da chacina, teriam assassinado um membro da família de Antônio Carlos Sobral.

Ainda segundo a polícia, o suspeito responde a outros sete homicídios, tráfico de drogas e porte ilegal de arma. A suspeita é de que a ficha criminal de Antônio Carlos seja mais extensa e que ele esteja envolvido em crimes nas cidades de Caxias, Itapecuru e Viana que ainda não foram solucionados pela polícia.

Após ter sido apresentado a sede da Polícia Civil em São Luís, o suspeito foi encaminhado ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas onde permanece à disposição da Justiça. As investigações sobre o crime ainda estão em andamento, já que os suspeitos de terem disparado contra as vítimas ainda não foram presos.

Com informações do G1/MA

Deixe Aqui Seu Comentário
Rei dos Reis - Cortina
Tags
Ler Mais

RELACIONADAS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios